sábado, 25
 de 
setembro
 de 
2021

Sebrae alerta empreendedores sobre as condições para solicitar crédito

Sebrae tem disponibilizado consultorias e cursos gratuitos via internetFoto: Fabio Ulsenheimer/Prefeitura de ToledoEmpreender sempre foi uma tarefa complexa e que exigiu dos empresários muito jogo de cintura, coragem e planejamento. Com os efeitos da pandemia, esta missão tornou-se ainda mais delicada e fez com que muitos comerciantes buscassem auxílio em linhas de crédito, o que pode nem sempre ser a melhor opção.

De acordo com o coordenador estadual de serviços financeiros e ambiente do Sebrae Paraná, Amberson Bezerra da Silva, com a pandemia o poder público disponibilizou novas linhas de crédito emergenciais para que as empresas cubram os gastos com folha de pagamento e capital de giro. “São empréstimos com carência de 6 meses a 1 ano, que contam com taxas a partir de 0,41% mês”, detalha Silva.

Apesar da facilidade no acesso ao crédito, é importante o empreendedor realizar primeiramente uma profunda análise nas contas de sua empresa. “O empresário deve averiguar o fluxo de caixa, se é possível renegociar prazos maiores com fornecedores e credores, além de promover ajustes que deem maior eficiência e economia”, orienta Silva, salientando que apenas após este levantamento é que se deve procurar um empréstimo. “Este estudo é primordial para saber a real necessidade e qual o valor necessário. Uma solicitação de crédito mal feita pode agravar ainda mais a situação em um futuro breve e até mesmo causar o fechamento do negócio”, alerta.

Caso seja necessário o empréstimo, o Sebrae disponibiliza em seu site uma ferramenta com várias informações sobre as linhas de crédito. “São várias linhas disponíveis, inclusive, informações sobre o suporte da Sociedade de Garantia de Crédito (SGC), que atua com o aval nas operações e crédito junto as instituições financeiras”, relata Silva. Para tanto, é importante a empresa estar sem restrições. “Caso haja inconformidades, é recomendando que a empresa negocie com os credores e deixe as restrições sanadas antes de acessar o crédito. Aliado a isso, é importante que o interessado dê preferência à instituição bancária em que já tem conta e possui relacionamento”, recomenda.

Com as dificuldades da pandemia, o Sebrae reforça a necessidade dos empresários se reinventarem para minimizar os prejuízos. “Muitos empreendedores tiveram sucesso na implantação de novos modelos de negócio, sistemas delivery e home office. As palavras-chave neste momento são relacionamento e criatividade. É preciso entender o mercado e saber chegar até o consumidor”, pontua.

O Sebrae ampliou o seu atendimento digital, o acesso é pelo site, lá o empresário encontra uma série de serviços, que vão desde o acesso a cursos a consultorias gratuitas e demais orientações. O endereço do portal é o www.sebraepr.com.br ou ainda pelo telefone 0800 570 0800.

Pronampe – O governo federal disponibilizou recentemente uma nova linha de crédito com o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). Com condições atrativas, as agências de bancos públicos tiveram grande demanda de atendimento e a quantia disponível foi contratada em poucos dias. Diante deste cenário, o governo estuda novas plataformas de crédito, que devem ser lançadas nas próximas semanas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email