segunda-feira, 26
 de 
fevereiro
 de 
2024

Pinhais investe R$ 4 milhões no projeto Muralha Digital

Pinhais está investindo na área de segurança pública. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Pinhais
Projeto da Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito, que está em fase final de estruturação, irá operar com quase 500 câmeras em nova central de monitoramento

A prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria de Segurança e Trânsito, está ampliando o poderio tecnológico do Projeto Muralha Digital no município. Ao ano, são R$ 4 milhões de investimento para executar toda a infraestrutura e operacionalização do projeto, uma integração ao programa Pinhais Mais Segura, lançado no início deste ano, com novos armamentos, viaturas e equipamentos para o efetivo da Guarda Municipal (GM), incluindo câmeras corporais e veiculares.

Com o investimento, está prevista a instalação de 10 totens de segurança em vias públicas, nas quais o cidadão pode conversar diretamente com a Central, para solicitar viatura ou informar ocorrências. O dispositivo tem câmeras acopladas, com visibilidade em 360°, de gravação permanente, podendo ser manuseado remotamente pelo operador da GM, e em tempo real, será possível visualizar todo o eixo que se encontra cada totem.

A rede de monitoramento soma quase 500 câmeras integradas ao sistema de inteligência da Guarda Municipal, sendo dezenas de faixas de câmeras leitoras de placa ligadas a um software que registra veículos em todas as entradas e saídas da cidade, além de outros pontos estratégicos. A nova central, em fase final de construção, receberá telas de alta tecnologia para o acompanhamento em tempo real, com oito novos profissionais contratados para auxiliar nesta tarefa. Outro reforço foi a ampliação do número de câmeras ‘speed-dome’, modelos de alta performance com grande poder de processamento de imagens, para locais que necessitem de grande clareza e riqueza de detalhes.

Para o superintendente da GM, Dorival Selbach Jr., a funcionalidade do sistema de inteligência que irá otimizar todo o rastreio e atendimento das equipes: “Esse software também faz leitura analítica, quando a gente não souber a informação total da placa [veicular], mas parcialmente. Ele faz a busca também por cores de veículos, em determinado horário que for apontado, até mesmo por modelo. Junto disso, ele faz a interligação dos nossos sistemas já existentes, ampliando o número de câmeras speed-domes”, explica.

A Muralha Digital também está integrada ao aplicativo 153 Cidadão e ao botão Maria da Penha, específico para atendimento de emergência a mulheres que possuem medida protetiva. O munícipe ainda pode acionar a Guarda Municipal pelo Disque 153.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email