sábado, 25
 de 
maio
 de 
2024

Famílias organizam ato cobrando justiça pelas mortes de Alysson e Isabela

Ato em prol da morte dos jovens. que causou comoção em Mandirituba em toda a região, acontece neste sábado. Foto: Reprodução/Instagram
Morte dos jovens causou comoção em Mandirituba em toda a região. Foto: Reprodução/Instagram
Casal perdeu a vida após uma colisão com um veículo que invadiu a contramão na BR-116, em Fazenda Rio Grande. Ato será realizado neste sábado, no quilômetro 128 da rodovia

Passados quase três meses, as famílias dos jovens Alysson Moura e Isabela Felipack, de Mandirituba, convivem diariamente com o sentimento de impunidade, em meio ao luto. O casal morreu em agosto, após um grave acidente na BR-116, em Fazenda Rio Grande, quando um veículo Peugeot teria invadido a contramão, colidindo com a Fiat Strada onde estavam os mandiritubenses.

Moura entrou em óbito ainda no local da colisão, enquanto Isabela chegou a ser socorrida, falecendo dias depois. Em um ato de solidariedade, a família da moça concretizou seu desejo pela doação dos órgãos.

Diante da falta de celeridade do caso envolvendo a morte do casal, as famílias estão organizando um manifesto cobrando, segundo o irmão de Alysson, Ewerton Moura, justiça e a prisão do motorista causador do acidente. “O motorista que causou a morte do Alysson e da Isabela deveria ter sido preso no ato do acidente, devido às circunstâncias de várias infrações de trânsito”, comenta.

Segundo Moura, há vários indícios que comprovam que o condutor, que foi identificado e está solto, estava na contramão e dirigindo sob efeito de bebida alcóolica. “Há materiais que indicam dirigiu por seis quilômetros na contramão em uma via de mão dupla, com outros veículos alertando, buzinando e sinalização para que ele parasse. E ele não parou”, lamentou o jovem, cobrando que o processo avance, sendo pedida a prisão do envolvido. “Estamos realizando a manifestação neste sábado para que a justiça seja feita e que o motorista seja preso. Não foi um acidente, foi um crime”, afirma.

Moura ainda fala da ausência do casal para todos os familiares e amigos. “O Alysson e a Isabela acabaram pagando com a vida diante de uma imprudência. Para nós, é muito difícil conviver com isso, com a falta dos dois, principalmente quando vão chegando datas comemorativas. Eram dois jovens que tinham uma grande perspectiva de vida”, complementa.

O manifesto será realizado neste sábado, com concentração às 8h30 na igreja da Lagoinha, em Mandirituba, seguindo até o quilômetro 128 da BR-116, em Fazenda Rio Grande, local da tragédia.

Em contato com a delegacia da Fazenda Rio Grande, a reportagem foi informada que o caso já foi encaminhado ao poder Judiciário, com indiciamento do motorista.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email