sábado, 25
 de 
maio
 de 
2024

Rio Negro tem mais de 100 famílias desalojadas

Famílias afetadas estão em abrigos criados pela prefeitura. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Rio Negro
Famílias afetadas estão em abrigos criados pela prefeitura. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Rio Negro
Situação ainda é crítica na cidade em decorrência das enchentes registradas desde outubro. Famílias afetadas estão em abrigos montados pela prefeitura

Apesar da melhora no tempo nos últimos dias, a situação na cidade de Rio Negro ainda é crítica. De acordo com o último boletim divulgado pela Defesa Civil, 110 famílias continuam desalojadas no município devido às inundações.

O balanço aponta que há 32 famílias em abrigos criados pela prefeitura, sendo um no Ginásio de Esportes José Müller e outro na Escola Municipal Vereador Ricardo Nentwig. O nível registrado do rio Negro é de 10,2 metros, segundo o sistema de monitoramento hidrológico da COPEL.

No dia 8 de outubro o prefeito James Karson Valério decretou situação de emergência em Rio Negro. O Decreto já foi reconhecido em Brasília e com este reconhecimento federal, a prefeitura deu início ao processo de autorização para a aprovação do Plano de Trabalho para receber benefícios e recursos.

Além disso, em breve a municipalidade e a Caixa Econômica Federal publicarão todas as orientações sobre o saque do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) para as pessoas que foram afetadas pelas inundações.

A Defesa Civil de Rio Negro está em constante estado de vigília e monitoramento. Em caso de emergência o cidadão pode entrar em contato pelo número (47) 9 9171-1778 ou acionar o Corpo de Bombeiros pelo 193.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email