segunda-feira, 8
 de 
agosto
 de 
2022

Rio Negro decreta situação de emergência

O município de Rio Negro está com situação de emergência decretada pela prefeitura. Nos meses de novembro e dezembro, o volume de chuvas castigou a área agrícola. São estimados R$ 22 milhões de prejuízo. Os últimos meses de novembro e dezembro foram um dos mais chuvosos registrados na região. Em Rio Negro, o município contabilizou neste período mais de 320 milímetros de chuva, o que danificou diversas lavouras e uma grande parte da extensa malha viária.
No último dia 14, representantes da prefeitura, Emater e diversas entidades estiveram reunidos para realizarem levantamentos dos prejuízos. Na área da agricultura, as perdas estimadas foram calculadas em R$ 22.392.173,00 e no setor viário em R$ 359.000,00. Com estes números, atendendo a outros quesitos necessários, a prefeitura declarou situação de emergência. “Na próxima semana, o estado deverá reconhecer este documento e assim o município poderá receber ajuda que pode cobrir até 60% dos danos. A prefeitura terá o direito a verba extra para compra de saibro, enquanto que os agricultores poderão prorrogar suas dívidas com instituições públicas”, descreveu o coordenador da Defesa Civil, Nelson Patricio Furtado.
No relatório apresentado para efetivar o decreto de situação de emergência, foi constatado que mais de 100 quilômetros de estradas rurais foram danificadas, além de pontes e pranchões. Já na área agrícola, estima-se que os prejuízos alcancem 70% da produção de trigo, 50% da de feijão, 45% da olivicultura, 30% do fumo, 15% da soja e 10% do milho.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email