sexta-feira, 20
 de 
maio
 de 
2022

Repasses do IPVA aos municípios também cresceram no ano passado

Vanderlei Anderle relata que o número de emplacamentos aumentou. Foto: DivulgaçãoOs municípios do suleste do Paraná tiveram, acompanhado do aumento da frota, um incremento também em suas receitas oriundas do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Apesar de ser um imposto de competência estadual, o governo repassa às prefeituras metade do valor arrecadado com a cobrança referente aos veículos emplacados nas respectivas cidades.

No ano passado, o estado repassou aos municípios da região, somados, R$ 27,4 milhões. O valor é 5,3% superior ao montante repassado em 2016, que foi de R$ 26 milhões.

Fazenda Rio Grande é a cidade com maior receita de IPVA na região, com R$ 9,2 milhões em 2017, seguida da Lapa, com R$ 4,9 milhões. No entanto, a cidade que mais viu crescer seus repasses do imposto foi Agudos do Sul, com acréscimo de 8,5% de 2016 a 2017.

O despachante Vanderlei Anderle, de Agudos, confirma um aumento no número de emplacamentos do ano passado. Ele explica que essa crescente é resultado principalmente de transferências. “Nos últimos anos, o emplacamento de veículos novos se estagnou, o que aumentou foi o de seminovos”, revela.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email