terça-feira, 23
 de 
abril
 de 
2024

Recenseadores recebem treinamento para o Censo Demográfico 2022

Treinamento de recenseadores ocorreu em diversas cidades da região, como Agudos do Sul. Foto: Arquivo/O Regional
IBGE vem ultimando os preparativos para o início das visitas domiciliares de coleta do Censo. Recenseadores da região também participam do treinamento

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vem ultimando os preparativos para o Censo 2022. Nesta semana estão sendo realizados os treinamentos dos recenseadores convocados pelo instituto, os quais atuarão nas visitas domiciliares para coleta de dados.

Entre as cidades do suleste paranaense, a maioria está vinculada à agência do IBGE de Rio Negro. Esta unidade abrange, além da cidade sede, os municípios de Agudos do Sul, Campo do Tenente, Lapa, Quitandinha e Piên.

Segundo Anderson França Elias, coordenador de subárea, neste treinamento os recenseadores recebem orientações quanto aos conceitos dos quesitos do questionário, para eles interpretarem e coletarem os dados corretamente, visando a obtenção das informações da forma mais exata. Na região, esta capacitação, que termina nesta sexta-feira, ocorre em Rio Negro, Agudos do Sul, Quitandinha e Lapa. Rio Negro reúne também os recenseadores de Campo do Tenente, enquanto que o treinamento em Agudos abrange também a equipe de Piên.

A coordenadora de área Andressa Schafascheck cita que outra importante etapa já foi realizada inicialmente. Foi o trabalho de entorno dos municípios, feito pelos supervisores, verificando alguns aspectos das cidades. “Por exemplo, se existe pavimentação, se existe bueiro, entre outros aspectos na área urbana de todos os municípios do Brasil”, explica Andressa.

A etapa de coleta de dados junto à população começará no dia 1º de agosto. Segundo a coordenadora, o Censo Demográfico tem grande importância para atualização de dados e contribui na implementação de políticas públicas, bem como de iniciativas privadas. A equipe do IBGE ressalta também que os recenseadores estarão devidamente identificados e que é importante a população prestar as informações corretamente.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email