segunda-feira, 22
 de 
julho
 de 
2024

IBGE disponibiliza 114 vagas de recenseador na região

Profissionais vão atuar nas dez cidades da região. Foto: Divulgação IBGE/Prefeitura de Aliança(PE)
Oportunidades são oferecidas em Agudos do Sul, Campo do Tenente, Contenda, Fazenda Rio Grande, Lapa, Mandirituba, Piên, Quitandinha, Rio Negro e Tijucas do Sul

 

O IBGE abriu um processo seletivo simplificado para a contratação de recenseadores que vão atuar no Censo Demográfico 2022. Na região, há 114 vagas distribuídas nos dez municípios de Agudos do Sul, Campo do Tenente, Contenda, Fazenda Rio Grande, Lapa, Mandirituba, Piên, Quitandinha, Rio Negro e Tijucas do Sul. O contrato de trabalho terá duração de até três meses e pode ser prorrogado. Para se inscrever é preciso ter o ensino fundamental completo.

São duas vagas para Agudos do Sul, uma para pessoas com deficiência e outra para pessoas pretas ou pardas. Em Campo do Tenente, de acordo com o IBGE, são três vagas: uma para ampla concorrência, uma para pessoas com deficiência, e uma para pessoas pretas ou pardas.

Em Contenda, são ofertadas 12 vagas no total. São destinadas para ampla concorrência oito vagas, uma para pessoa com deficiência e três para pessoas pretas ou pardas. Fazenda Rio Grande está a oferta de vagas para 46 pessoas, destas, 16 são para ampla concorrência, seis para pessoas com deficiência e 24 para pessoas pretas ou pardas.

Na Lapa, 25 vagas são ofertadas, sendo 13 para ampla concorrência, três para pessoas com deficiência e nove para pessoas pretas ou pardas. Mandirituba tem um total de 7 vagas e duas são para pessoas com deficiência e cinco para pessoas pretas ou pardas.

Em Piên, são duas vagas, uma para pessoa com deficiência e outra para pessoa preta ou parda. Quitandinha está com a oferta de uma vaga, sendo para pessoa preta ou parda. Em Rio Negro 13 vagas são oferecidas, sendo cinco para ampla concorrência, duas para pessoas com deficiência e seis para pessoas pretas ou pardas. Em Tijucas do Sul, três vagas serão distribuídas entre uma pessoa com deficiência e duas entre pessoas pretas ou pardas.

De acordo com a técnica em Informações Geográficas e Estatísticas, da agência do IBGE de Rio Negro, Luciana de Barros, caso não sejam preenchidas as vagas para pessoas com deficiências para pessoas pretas ou pardas, serão considerados os candidatos inscritos em ampla concorrência.

O recenseador deverá entrevistar os moradores para a coleta dos dados. A remuneração será de acordo com o tempo trabalhado e o grau de dificuldade na abordagem das casas. A carga horária será de pelo menos 25 horas semanais e o contratado passará por um treinamento que é obrigatório.



Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email