sábado, 25
 de 
setembro
 de 
2021

Rafael Greca, prefeito de Curitiba, assume a presidência da Assomec

Novos membros que compõem a diretoria da Assomec estiveram reunidos recentemente em evento realizado no Salão de Atos do Parque Barigui, em Curitiba. Foto: Assessoria de Imprensa/AssomecEleito em chapa única, durante evento no Salão de Atos do Parque Barigui, em Curitiba, o prefeito da capital paranaense, Rafael Greca, assumiu a presidência da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec). Greca substitui o ex-prefeito de Fazenda Rio Grande, Marcio Wozniack, e seu mandato será de dois anos.

Além do prefeito curitibano, compõem a diretoria da Associação Claudio Cesar Casagrande (Campo Magro) como primeiro vice-presidente, Bihl Zanetti (Campina Grande do Sul) como segundo vice-presidente, Margarida Singer (São José dos Pinhais) como secretária, e Maicon Grosskopf (Piên) como tesoureiro. Para o conselho fiscal, James Valério (Rio Negro) assume como presidente, Helder Lazarotto (Colombo) e Josemar Knupp (Piraquara) como membros, além de Patrik Magari (Cerro Azul) e Marco Antonio Baldão (Tunas do Paraná) como suplentes.

Para Greca, é essencial impulsionar ainda mais as ações da Assomec e o potencial existente em diversas áreas nos 29 municípios que a compõem. “Com as nove cidades vizinhas quero uma cidade só, com as outras cidades do segundo anel desejo um mercado comum metropolitano”, avaliou o prefeito, defendendo uma integração ainda maior em diversas áreas, como a saúde, transportes, habitação, educação e turismo, além de disponibilizar a Escola de Administração Pública. “Oferecemos a estrutura da Escola de Administração Pública de Curitiba para que todas as cidades da Região Metropolitana tenham treinamento de suas equipes em arrecadação fiscal, desenho urbano, em serviços públicos”, disse.

Em relação ao transporte, o agora presidente da Associação reiterou a importância da participação de todos os municípios. “Precisamos criar um consórcio metropolitano de transporte coletivo e uma agência metropolitana de transporte, mas a operação tem de ser unificada, inclusive para evitar problemas de superlotação, má gerência ou de congestionamento dos terminais”, afirmou.

Greca ainda pontuou as demandas na área da educação e os investimentos a serem encaminhados junto ao governo do Estado. “A Assomec vai colher as demandas e encaminhar, de acordo com a possibilidade de solução ou para a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Secretaria de Infraestrutura e Logística do Paraná, e sendo um assunto da cidade conturbada, o próprio Ippuc e para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Metropolitano”, concluiu.

Ao encerrar seu mandato como presidente, Marcio Wozniack fez uma retrospectiva de suas ações nos últimos quatro anos e desejou sucesso a nova diretoria. “Conseguimos driblar as dificuldades e realizamos muitas coisas na Assomec, promovemos interações visando o empreendedorismo, investimentos”, comentou.

Wozniack afirmou ainda que o Fórum Metropolitano de Combate à Covid-19 foi ação acertada. “Pelo Fórum conseguimos agir de forma unificada no combate à pandemia e os resultados foram positivos”, analisou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email