sexta-feira, 25
 de 
junho
 de 
2021

Quitandinha garante auxílio financeiro a famílias em situação de vulnerabilidade

Prefeita tem destacado todo o esforço do poder público. Foto: DivulgaçãoCom as atividades comerciais bastante afetadas devido a Covid-19, muitas pessoas estão enfrentando dificuldades para conseguir trabalho e oportunidades de renda extra para o sustento das famílias. Em Quitandinha, o poder público tem sido sensível a esta questão e, nesta semana, oficializou o auxílio alimentação emergencial no valor de R$ 100,00 para as famílias em situação de vulnerabilidade social.

Este projeto de lei foi proposto pela prefeitura e aprovado pelos vereadores em sessões extraordinárias na última quarta-feira. Por meio desta medida, o poder público irá investir R$ 120 mil na aquisição de tickets de vale alimentação, possibilitando atender até 1.200 famílias carentes que são assistidas pelos programas sociais. “Cada família irá receber o cartão, que é aceito sem desconto de taxas no comércio local, com o valor de R$ 100,00, o qual pode ser gasto exclusivamente na compra de alimentos”, detalha a prefeita Maria Julia Wojcik, destacando o trabalho em parceria com a câmara de vereadores. “Estamos trabalhando unidos para não deixar a população desassistida. Sabemos com precisão de todas as dificuldades encontradas em cada lar neste momento delicado e não estamos medindo esforços para prestar auxílio”, salienta.

Vereadores estiveram reunidos em sessões extraordinárias e aprovaram as medidas de auxílio. Foto: Divulgação/Câmara de vereadores de Quitandinha

Para o presidente da câmara de vereadores, Marquinho da Acarpa, todo o suporte do poder público nestas circunstâncias é válido. “É muito triste ver que muitas famílias estão apreensivas e com medo da fome e da miséria. Precisamos ser ainda mais solidários e humanos nesta fase que estamos enfrentando”, enfatiza Marquinho, pontuando sobre o trabalho da câmara. “Repassamos R$ 500 mil para que a prefeitura implantar programas como esse e dar o suporte necessário na área da saúde. Tudo o que tiver no nosso alcance estaremos dispostos a ajudar”, frisa.

Após a aprovação dos vereadores, a prefeitura irá concluir os trâmites burocráticos e definir como será o sistema de entrega dos tickets, visando evitar aglomerações.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email