sábado, 25
 de 
maio
 de 
2024

Procuradoria da Mulher chega a 136 municípios do Paraná

136 cidades paranaenses têm Procuradoria da Mulher. Arte: Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa
136 cidades paranaenses têm Procuradoria da Mulher. Arte: Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa
Faxinal, Vera Cruz do Oeste, Colombo, Nossa Senhora das Graças e Sertanópolis foram as cidades onde a Procuradoria da Mulher foi instalada recentemente no Estado

O Paraná atingiu a marca de 136 município com órgãos instalados da Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná. Desde fevereiro deste ano, a deputada Cloara Pinheiro (PSD), que assumiu como Procuradora Especial da Mulher da casa, vem atuando para difundir ainda mais o trabalho em defesa de todas as paranaenses.

O Estado é o que possui a maior quantidade de Procuradorias em todo o Brasil. Agora, os municípios de Faxinal, Vera Cruz do Oeste, Colombo, Nossa Senhora das Graças e Sertanópolis, passam a contar com os atendimentos do órgão.

A deputada Cloara Pinheiro enalteceu o trabalho do legislativo em prol das mulheres paranaenses. “Desde que assumi como Procuradora Especial da Mulher aqui na Assembleia Legislativa do Paraná, meu trabalho, junto com a minha equipe, foi pautado na defesa das mulheres. Mas acima de tudo nós acolhemos quem nos procura. Acredito que esse seja nosso diferencial”, reforça.

A procuradora ressalta a importância de ações que estejam cada vez mais perto da comunidade, para que o acolhimento seja feito da melhor maneira possível para a vítima. “Precisamos conhecer a realidade das mulheres que chegam até nós. Os municípios têm essa função essencial de nos aproximar da realidade de cada região”, afirma.

A Procuradoria Estadual da Mulher foi criada em 2019, ano de lançamento também do primeiro Protocolo Integrado do país para criação e uniformização das Procuradorias Municipais da Mulher no Paraná. Um documento para vereadoras que se tornou referência e deu respaldo para a criação de uma cartilha nacional, publicada pela câmara federal, para impulsionar a criação de mais Procuradorias ao redor do Brasil, usando o Paraná como modelo.

Números – Até o dia 10 de novembro de 2023, a Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná havia realizado cerca de 900 atendimentos entre vítimas assistidas e mentorias, que são as orientações dadas para as procuradoras municipais e servidoras.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email