segunda-feira, 8
 de 
agosto
 de 
2022

Prefeituras trabalham para reduzir despesas com imóveis alugados

Antigo Fórum cedido à prefeitura da Lapa em 2013 resulta em uma economia anual de R$ 80 mil. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura da LapaEm épocas de “vacas magras” com queda de receita e aumento de despesas, as prefeituras da região têm redobrado ações que possam otimizar os recursos públicos. Há atendimentos e serviços básicos que não podem ser interrompidos, além da necessidade de novos investimentos. Um dos desafios é reduzir o número de contratos de locação, ou seja, deixar de utilizar espaços físicos de terceiros.
Na maioria dos casos, esses espaços são usados para o funcionamento de escolas, creches, consultórios e escritórios de secretarias municipais. A prefeitura de Tijucas do Sul gasta atualmente R$ 10 mil com a locação de espaços físicos. O valor, no entanto, poderia ser maior se a atual administração não tivesse adquirido a estrutura da PUC existente no município. “Nossa intenção é sempre da contenção de despesas e com a compra do imóvel da PUC deixamos de gastar algo em torno de R$ 20 mil com aluguel”, avalia o secretário de Administração, Hélio de Oliveira.
A prefeitura de Quitandinha tem um custo mensal de R$ 14 mil com a locação de imóveis. Mas já trabalha para reduzir esse valor com a implantação de uma sede própria para a Secretaria Municipal de Agricultura. Em Campo do Tenente, que é o menor município da região, o prefeito Jorginho Quege relata que gasta o essencial com aluguel. São R$ 2 mil mensais.
Na Lapa, onde a prefeitura atende uma população de quase 50 mil habitantes e tem dificuldade em espaços por conta da preservação do patrimônio histórico, o custo mensal de locação chega a R$ 41 mil. “Pelo volume de atendimentos, extensão territorial e características da cidade usamos um número maior de espaços de terceiros”, explica a prefeita Leila Klenk.
Renda – Muitos proprietários de imóveis da região preferem a locação para o poder público ou agências bancárias. No caso das prefeituras, mesmo que exista atraso nos pagamentos, sempre há garantia de recebimento. Além disso, o valor geralmente é melhor do que o cobrado do locador comum.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email