domingo, 7
 de 
agosto
 de 
2022

Prefeitos redigem carta reivindicando maior distribuição de recursos públicos

Prefeitos estiveram reunidos em dois dias para elaborar documento às esferas superiores.  Foto: Cesar Brustolin/SMCS Mês a mês as prefeituras estão presenciando a dificuldade financeira se agravar com as quedas de repasse de recursos por parte do governo federal e estadual. A deficiência é tamanha que muitos municípios não estão nem ao menos realizando reposições salariais aos servidores públicos. Diante deste cenário, prefeitos da região se reuniram recentemente e redigiram uma carta solicitando medidas de apoio das esferas superiores.

Nesta semana, o prefeito de Fazenda Rio Grande e presidente da Assomec, Marcio Wozniack, fez a entrega desta na câmara e no senado federal. “O que estamos reivindicando é uma melhor distribuição de recursos às prefeituras. Tem uma série de prefeitos que não poderão pagar direitos constitucionais dos trabalhadores por que vêm assumindo uma série de obrigações. Se alguma medida não for adotada, certamente esta situação irá se agravar”, salientou Marcio.

Na carta, também estão estabelecidas as medidas de austeridade adotadas pelas prefeituras para diminuir os custos com pessoal, visando os pagamentos salariais dos servidores em dia e a manutenção de serviços básicos e essenciais. “Em Fazenda Rio Grande cortamos 50% dos cargos comissionados e efetivamos a reposição salarial de 8,5%. Além disso, realizamos outras mudanças para que algumas áreas não fiquem desassistidas e possamos cumprir com todas as obrigações”, comentou o prefeito.

A reunião teve a presença do prefeito de Curitiba, Rafael Greca, do prefeito da Lapa, Paulo Furiati, do procurador-geral de Mandirituba, Calebe França Costa, e demais autoridades.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email