sexta-feira, 20
 de 
maio
 de 
2022

Prefeito de Agudos destaca que agora é momento de executar projetos

Jesse Zoellner concedeu entrevista à equipe de O Regional. Foto: Arquivo/O Regional

Jesse Zoellner recebeu equipe de O Regional para entrevista nesta semana. Agradeceu a votação e falou de união em prol do município

Vencedor de eleição suplementar no último domingo em Agudos do Sul, Jesse Zoellner recebeu nesta semana a equipe de O Regional, à qual concedeu entrevista, comentando sobre o pleito e os próximos desafios na condução da prefeitura. Agora com 26 anos, um dos prefeitos mais jovens do Paraná e do Brasil, ele falou que a sua juventude e a experiência de Antonio Ferreira, que já prefeito três vezes e que agora será vice pela segunda vez, farão a diferença.

Ele também parabenizou seu concorrente Diego Teixeira e a candidata a vice Katya da Saúde pela campanha e pela expressiva votação e disse que o momento agora é de unir forças pela cidade e para que Agudos cresça. “Vejo que Agudos tem pressa de crescer e ver as coisas acontecendo”, disse. “Minha gratidão a Deus e à população que confiou em nós e nos deu a oportunidade de terminar o mandato. Que Deus continue abençoando nossa cidade e nos dê sabedoria para que possamos fazer Agudos do Sul cada vez melhor”, declarou.

A diplomação dos eleitos pelo cartório da 144ª Zona Eleitoral está marcada para a próxima quarta-feira. A posse, pela câmara de vereadores, está prevista para ocorrer no próximo dia 18 de abril.

OR – Qual sua avaliação sobre a campanha eleitoral e sobre o resultado da eleição?
Jesse: A nossa avaliação sobre a campanha é que foi produtiva, foi boa, conseguimos expor nossas propostas, nossos projetos, daquilo que nos tínhamos para a cidade. E avaliação de gratidão pela população ter confiado em nosso trabalho, confiado em nosso projeto, naquilo que nós havíamos iniciado e agora é dar sequência nos trabalhos.
OR – Neste um ano e três em que você já vinha administrando a prefeitura interinamente, quais foram os maiores desafios?
Jesse: O maior desafio sem dúvida alguma foi a pandemia, no ano passado, que foi o pior ano da pandemia, naquele momento que o Paraná enfrentou momentos que não havia vagas em hospitais, nós não tínhamos respiradores aqui na cidade. Então foi um momento em que nós tivemos que nos reinventar, iniciar todo um processo, tanto da UPA quanto do atendimento. Então a pandemia foi muito difícil, mas com isso também um trabalho com a vacinação. Então um dos maiores desafios foi a saúde mesmo, pelo enfrentamento à pandemia, tanto nas questões difíceis das perdas e das pessoas que precisavam de vagas, quanto também no trabalho da vacinação que foi realizado. Acredito que esse foi o maior desafio nosso.
OR – O fato de você agora ter o mandato assegurado muda algo na forma de conduzir os trabalhos? Por quê?
Jesse: De conduzir, não. Acredito que a gente iniciou de uma forma interina mas legítima também, porque a gente já havia sido eleito vereador, havia sido o vereador mais votado da história do município e havia também sido conduzido pelos vereadores para estar aqui na prefeitura, mesmo de forma interina. A condução será a mesma, mas agora a força que nós vamos ter frente ao governo do estado, ao governo federal e aos deputados será ainda muito maior. Nós vamos conseguir mostrar que aquilo que nós tínhamos de propostas e apresentado agora é uma realidade e quem chancelou tudo isso foi a população no último domingo.
OR – E quais são os próximos passos? Como está o andamento dos projetos e investimentos?
Jesse: Eu sempre digo e disse no período eleitoral, é que qualquer prefeito que tivesse assumido naquele primeiro ano teria um desafio que é montar equipe, pagar as contas e fazer os projetos. E nós fizemos o dever de casa. Montamos nossa equipe, pagamos quase R$ 1 milhão em precatórios que o município tinha e que travavam as certidões de nossa cidade, colocamos tudo em dia e fizemos os projetos necessários para condução. Levamos ao governo do estado, levamos ao governo federal e agora acredito que é o momento das execuções. Nós vamos começar a aplicar esses recursos e, como a gente sempre falou para a população no período eleitoral, que queríamos a oportunidade para mostrar que aquilo que nós tínhamos apresentado no papel, agora se tornaria uma realidade e que vai ser realidade no município com pavimentações, com escola, com capela mortuária, iluminação de LED, veículos, maquinários, tantas coisas boas que vão vir atender nosso município através de todo esse trabalho que nós havíamos feito já neste primeiro ano. Agora é um momento de nós começarmos a colher os frutos e de, com certeza, trabalhar ainda mais para buscar mais recursos para nossa cidade.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email