sábado, 2
 de 
julho
 de 
2022

Prazo para realização do Cadastro Ambiental Rural entra na reta final

Proprietários de imóveis na área rural devem realizar o cadastro. Foto: DivulgaçãoProprietários de imóveis rurais têm até o dia 31 de maio para fazerem a inscrição no Cadastro Ambiental Rural (CAR). Considerado um registro público obrigatório para todos os imóveis da área rural, o CAR reúne informações ambientais sobre as propriedades, sendo uma de dados para o controle, monitoramento e combate ao desmatamento das florestas e demais formas de vegetação em todo o país.

Em todo o Paraná, de acordo com o último boletim do CAR, 16.116.384 hectares já haviam sido cadastrados, de um total de 15.391.782 hectares de área passível de cadastro.

De acordo com Matheus Gavlak, gerente municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Quitandinha, fazer o cadastro para o produtor é necessário principalmente para auxiliar e facilitar a regularização ambiental da propriedade. “O cadastro ambiental é obrigatório e, se não realizar, o proprietário perde os benefícios de regularização ambiental do terreno, acesso ao crédito rural em entidades públicas, usucapião, inventários, entre outros serviços. A inscrição é feita uma única vez o cadastro ambiental, somente em casos de venda, com alteração de proprietário/ alteração de área do terreno, se faz as retificações”, explica.

Gavlak orienta ainda quanto aos documentos necessários para realizar o cadastro. “Na parte de documentação, o aconselhável e ter o mapa mais atual, escritura e registro de imóveis, ITR/INCRA, documentação pessoal e comprovante de residência. Em Quitandinha, a Secretaria de Agricultura vem apoiando os produtores do município com este serviço, e somente no ano passado cadastrou mais de 200 produtores, auxiliando também na parte de documentação, dúvidas e apoio à regularização das áreas”, finalizou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email