segunda-feira, 8
 de 
agosto
 de 
2022

Politicando 27/11/2015

Prefeituras I
Prefeitos de diversas regiões do estado estiveram participando nesta semana da assembleia realizada pela Associação dos Municípios do Paraná (AMP). Na pauta o custo de energia elétrica após os reajustes promovidos pela Companhia Paranaense de Energia (Copel) e os novos procedimentos da empresa que anunciou cobrança para obras de extensão de rede e a inclusão no cadastro de inadimplentes aquelas prefeituras que não pagarem pelos serviços.
Prefeituras II
Os prefeitos defendem uma postura mais firme junto ao governo do estado e até mesmo pedido de socorro aos parlamentares. Segundo eles, sem diálogo todos os municípios serão prejudicados, principalmente na questão financeira e orçamentária. O presidente da AMP e prefeito de Assis Chateaubriand, Marcel Micheletto, lembrou da elevada queda de recursos e repasses, comprometendo muitos serviços públicos municipais.
Filiações
O final de ano promete ser movimentado no meio político da região. Boa parte dos pré-candidatos a prefeito vão utilizar do recesso de natal e ano novo para tentar fortalecer suas siglas partidárias. Pela nova legislação, ficou para março o prazo final de filiação daqueles que vão disputar a eleição em 2016.
Piên
Eleito vice-prefeito de Piên pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Ingo Strack foi um dos primeiros na região a deixar a sigla pensando no pleito do próximo ano. Consciente da dificuldade de pleitear a candidatura a prefeito pelo PT, Ingo deve encaminhar sua filiação para o PMDB ou PROS.
Campo do Tenente
O ex-prefeito de Campo do Tenente, Betinho Quevedo, que viveu momento de grande popularidade no município e chegou a ser um dos principais empregadores da mão-de-obra local, não esconde o desejo de voltar ao cenário político da cidade. Nas últimas semanas tem crescido os comentários de uma possível candidatura de Betinho a vice-prefeito, compondo chapa com o empresário Baby Negrelli (PDT).
Tijucas do Sul
O prefeito de Tijucas do Sul, Altair Gringo (PP), vive a expectativa de fechar o ano com as contas da prefeitura em dia. Segundo ele, a queda na arrecadação e no repasse de recursos obrigou uma ampla reestruturação financeira e contenção de despesas do poder público. Mesmo assim, há todo um trabalho para que o governo municipal chegue em janeiro sem pendências. “Na ordem, a prioridade é o pagamento da folha e dos fornecedores”, disse Gringo.
Quitandinha
Já está na câmara de vereadores de Quitandinha o projeto de lei do poder executivo que trata do reajuste em aproximadamente 25% dos valores do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e do Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). A prefeitura justifica dizendo que é necessária a atualização. Já os vereadores se mostraram, num primeiro momento, indispostos a aprovar o reajuste.
Prefeitura Municipal de Contenda/Foto: Arquivo / O RegionalContenda
Nada é tão ruim que não possa piorar. O ditado popular pode ser muito bem empregado na forma com que a atual administração de Contenda trata o atendimento à imprensa e acesso às informações da prefeitura. Uma pena, porque em praticamente todas as matérias regionais que chegam aos leitores sempre é sentida a ausência de Contenda.
Mandirituba
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores rurais de Mandirituba, Júlio Carvalho (PRB), está a procura de um candidato a vice-prefeito. Ele tem afirmado na cidade que chegou a sua vez e que ele é o único com condição de vencer o ex-deputado Geraldo Cartário (PTB).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email