domingo, 20
 de 
junho
 de 
2021

Pinga Pinga 17/01/2020

A comissão da Capela Divino Espírito Santo, de Trigolândia, em Piên, divulgou uma nota esclarecendo a situação envolvendo um caixão que teria sido deixado no terreno ao lado do cemitério e que causou polêmica entre os moradores no último fim de semana.

Conforme o esclarecimento, foi autorizado pela família que fossem retirados os restos mortais do defunto, sepultado há 5 anos, e colocado junto no caixão de sua esposa, que faleceu recentemente.

Como no dia do sepultamento estava chovendo, não foi possível queimá-lo. Ainda segundo a nota, não continham restos mortais expostos e os responsáveis estavam aguardando secagem para ser incinerado.

Nesta semana, o Armazém da Família de Agudos do Sul passou a atender em novo horário. O atendimento acontece de terça a sexta-feira das 8 às 16 horas e aos sábados das 8 às 11 horas.

Já o prédio da prefeitura, a Secretária de Assistência Social e a Secretaria de Agricultura também atendem em novo horário, sendo de segunda a sexta-feira das 8 às 11h30 e das 13 às 17 horas. As demais unidades administrativas obedecerão aos horários já praticados.

A Polícia Militar (PM) de Rio Negro cumpriu, na última semana, um mandado de busca e apreensão em uma residência na cidade. Após buscas na casa, foram localizadas, na chaminé, em um invólucro plástico, 50 buchas de cocaína e duas balanças de precisão.

Na ocorrência, foram apreendidos também dois celulares e R$ 956,00 em espécie. A proprietária da residência, juntamente com o entorpecente, o dinheiro e demais objetos, foram encaminhados até a DP de Rio Negro para as medidas cabíveis.

Já na Lapa, na última sexta-feira, a PM atendeu uma ocorrência de roubo a uma farmácia. Um indivíduo, trajando blusa azul com capuz, fazendo menção de estar armado, deu voz de assalto, levando o dinheiro que estava no caixa e fugindo a pé pelo área central.

Equipes da Rotam e da rádio patrulha realizaram patrulhamento pelas imediações, recebendo informação de um cidadão de que teria visto dois indivíduos com as mesmas características repassadas, correndo em direção a um matagal.

No início da trilha, as equipes localizaram uma blusa de cor azul deixada para trás. Em seguida, dois suspeitos foram localizados, próximos a um muro, deitados em uma vala, tentando se esconder dos policiais.

Na abordagem, foi verificado que os assaltantes seriam dois menores, de 13 e 15 anos. Eles foram apreendidos e encaminhados à delegacia da Lapa, juntamente com o dinheiro roubado.

Operação Serra Segura, em Mandirituba. Foto: Assessoria de Imprensa/Arteris Planalto SulEm uma ação conjunta entre a Arteris Planalto Sul e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi realizada na última sexta-feira a segunda edição da campanha Serra Segura, na BR 116. As atividades aconteceram na Unidade Operacional da PRF de Mandirituba.

Na ocasião, foram fiscalizados 66 caminhões, 76 veículos de carga que trafegavam na rodovia receberam autuações, foram realizados 52 testes de alcoolemia, e 24 documentos foram retidos por conta de irregularidades encontradas. Em 2019, foram realizadas 53 ações do Serra Segura.

Em tramitação na câmara de vereadores de Curitiba, um projeto de lei pretende obrigar que hospitais e maternidades públicas e privadas a prestarem orientação e treinamento para primeiros socorros de recém-nascidos.

O vereador Rogerio Campos (PSC), autor da proposta, explica que a ideia é ensinar aos responsáveis técnicas para casos de engasgamento, asfixia e prevenção da morte súbita de bebês.

Na justificativa, o parlamentar aponta que, segundo especialistas em pediatria, é comum a ocorrência de engasgamento com líquido, leite materno ou mesmo saliva em bebês com menos de um ano de idade, sendo que, em situações mais graves, a mortalidade pode atingir 40% das vítimas.

Foram iniciadas nesta semana as obras de reconstrução da terceira e última torre do Seminário São Luiz de Tolosa, atual sede da prefeitura de Rio Negro. Anteriormente nos telhados foi trocada boa parte da madeira de sustentação e telhas. Já as torres estão praticamente sendo reconstruídas.

A previsão da empresa vencedora da licitação é concluir os trabalhos na torre central em 30 dias. Em seguida, o planejamento da prefeitura é lavar e pintar as paredes externas de todo o prédio, garantindo a preservação e o embelezamento do espaço.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email