terça-feira, 26
 de 
outubro
 de 
2021

Paraná tem a 1ª morte por febre amarela

Mais de 216 mil pessoas já foram vacinadas em todo o estado contra a doença. Foto: Venilton Küchler/SesaFoi confirmada ontem, pela Secretaria de Estado da Saúde, a primeira morte por febre amarela no Paraná. Segundo dados do boletim epidemiológico, a vítima é um homem de 64 anos, que trabalhava na área rural de Morretes, mas que foi socorrido no litoral. O local provável de infecção ainda está sendo investigado.

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, o mosquito transmissor do vírus da febre amarela entrou no Paraná pela mata atlântica do Vale do Ribeira, vindo do estado de São Paulo. Para combater esta doença, a única forma de prevenção é a vacina, a qual está disponível em todas as unidades de saúde do estado. Somente neste ano, já foram aplicadas mais de 216 mil doses em todo o Paraná.

A vacinação é recomendada para pessoas entre 9 meses e 59 anos. Gestantes, lactantes e pessoas com doenças crônicas devem procurar orientação médica e apresentar receita para receber a vacina. A imunização demora cerca de 10 dias para entrar em ação, neste período, o recomendado é o uso de repelentes, mangas e calças compridas, especialmente para quem está perto de matas.

Desde janeiro, já foram confirmados oito casos de febre amarela no Paraná. Outras 62 notificações estão sob investigação e 129 já foram descartados. Os confirmados residem em Curitiba, Antonina, Morretes, Campina Grande do Sul e Adrianópolis.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email