sexta-feira, 23
 de 
fevereiro
 de 
2024

Com modelo de coparticipação, Paraná assegura 590 vagas do Mais Médicos

Paraná garante mais 590 vagas no Programa Mais Médicos. Foto: Sesa
Paraná garante mais 590 vagas no Programa Mais Médicos. Foto: Sesa
Gestores municipais devem confirmar as novas vagas até esta sexta-feira. Cidades da região estão contempladas com 30 postos

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou, na última terça-feira, 590 novas vagas ao programa Mais Médicos, distribuídas entre 257 municípios paranaenses. A medida se dá a partir de um novo modelo do programa federal, que acontece na modalidade de coparticipação.

Neste novo edital, a bolsa dos profissionais é paga integralmente pelo Ministério da Saúde, descontando o valor do repasse do piso de Atenção Primária à Saúde, beneficiando diretamente as contas municipais, uma vez que, a partir deste trâmite, os valores não entram na folha de pagamento das prefeituras. Para a região, estão previstas 33 vagas, atendendo a demanda de Agudos do Sul (2), Campo do Tenente (1), Contenda (2), Fazenda Rio Grande (12), Lapa (4), Mandirituba (5), Piên (1), Quitandinha (2) e Rio Negro (4)

O secretário estadual de Saúde, Beto Preto, destaca que, agora, os gestores municipais devem confirmar as novas vagas, até esta sexta-feira, para preenchimento imediato. “Este é um programa que temos não somente apoiado, mas incentivado sua adesão, por meio de reuniões entre os municípios. O governador Ratinho Junior sempre nos orientou no sentido de aprimorar o cuidado em todo o Paraná, aproximando a população dos serviços de saúde e o Mais Médicos é uma ferramenta importante neste sentido”, avalia.

Atualmente, o Paraná conta com 671 profissionais vinculados a alguma iniciativa do governo federal, envolvendo profissionais do programa Mais Médicos e do programa Médicos pelo Brasil.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email