terça-feira, 24
 de 
maio
 de 
2022

O que nossas escolas têm de diferente?

Nos últimos anos, estamos assistindo muitos questionamentos em relação à educação no Brasil. Os mais expressivos deles são a falta de investimentos, ausência de estrutura e baixa valorização dos profissionais. No entanto, há um outro aspecto que tem tomado maior relevância e pauta principal na área, a relação do aluno com escola e professor.

Muitos devem lembrar que durante a Copa do Mundo no Brasil aconteceu um fato que chamou atenção e ganhou espaço na imprensa. Foi quando a torcida do Japão, presente nos estádios para acompanhar sua seleção, ao fim dos jogos juntavam todo o lixo das arquibancadas. Mas essa foi uma atitude esporádica? Não. É algo cultural e que no Japão se aprende, inclusive, na escola.

Para os japoneses, desde os tempos mais antigos, escola e professores são respeitados e os alunos aprendem a cultivar o sentimento de amor e agradecimento às instituições e profissionais de ensino.
Percebam a diferença, enquanto no Brasil escolas que estimulam alunos a ajudar na limpeza das salas de aula são denunciadas, no Japão, atividades como varrer e passar pano no chão, servir merenda, fazem parte da rotina escolar dos estudantes. Eles aprendem desde pequenos a cuidar de um patrimônio público que será útil para as próximas gerações.

Nas escolas japonesas os alunos não aprendem apenas as matérias curriculares, eles vão além, com o estímulo de atitudes que os tornem cidadãos mais consciente. Um exemplo interessante é que na maioria das escolas não existem refeitórios. Os estudantes comem na própria sala de aula e são eles mesmos que organizam tudo e servem os colegas. Além da própria limpeza dos espaços.

Pois bem, por que no Brasil temos visto muitos alunos agredindo professores, colegas, e vandalizando seus próprios estabelecimentos de ensino? Por que essa é uma realidade cada vez mais presente por aqui e quase que inexistente em outros países? Há algumas reflexões que precisamos fazer com maior frequência.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email