sábado, 2
 de 
julho
 de 
2022

Na Semana do Trânsito, municípios realizam ações para reduzir acidentes

Alunos da Escola Gunther Urban realizaram trabalhos e visitaram o prefeito tenenteano Jorge Quege/Foto: DivulgaçãoHoje é o dia do trânsito, data utilizada para promover ainda mais a conscientização sobre os cuidados necessários. Durante a Semana Nacional do Trânsito, iniciada na última sexta-feira, foram realizadas ações educativas em vários municípios da região, com o objetivo de diminuir os índices de acidentes e mortes.
O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) elaborou e enviou aos municípios diversos panfletos de orientação. O material contém regras gerais de circulação, direção defensiva e primeiros socorros.
Em Piên, por exemplo, a Polícia Militar (PM) distribuiu os panfletos na última sexta. Segundo o Sargento Amaral, foi uma espécie de blitz educativa, para orientação aos motoristas. Em Tijucas do Sul, a PM também realizou na última sexta-feira a entrega dos materiais na rua em frente à prefeitura. “Com o material do Detran, repassamos orientações importantes”, destaca o Sargento Toledo.
Na Lapa, a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Comunicação Social e do Departamento de Trânsito e Transportes, promove uma campanha. Houve blitz educativas durante a semana, com participação também de estudantes, e palestras nos colégios. Na próxima terça, às 14 horas, será realizado ato público de compromisso por um trânsito eficiente, no auditório da Secretaria Municipal de Educação. As ações na cidade têm apoio da PM, Ciretran e autoescolas.
A Escola Gunther Urban, em Campo do Tenente, também fez sua mobilização nesta semana. Professores e alunos apresentaram ao prefeito Jorge Quege o projeto “Save Kid Lives”, um projeto da Organização das Nações Unidas (ONU), que quer dizer “Salvem a vida das crianças”. Esta proposta visa coletar assinaturas e cobrar dos governos investimentos para atender esta demanda.
As iniciativas são importantes no sentido de evitar acidentes. Os últimos dados estatísticos divulgados pelo Detran revelam que em 2014, no suleste paranaense, foram registrados 600 acidentes nas vias municipais. O índice é menor que o de 2013, quando foram 718, mas o número de mortes decorrentes aumentou de 5 para 10 de um ano para outro. O menor número de acidentes em vias municipais no ano passado se deu em Agudos do Sul, com 4, e o maior em Rio Negro, com 220 ocorrências.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email