domingo, 7
 de 
agosto
 de 
2022

MP desbloqueia bens de prefeito, secretários e servidores de Tijucas do Sul

Gringo garante que houve lisura em toda licitação/Foto: DivulgaçãoUma ação do Ministério Público do Paraná (MP-PR) bloqueou temporariamente os bens do prefeito Altair Gringo, dos secretários municipais de Educação e de Administração e de outras seis pessoas. Segundo o processo, irregularidades em licitação contabilizam um prejuízo de R$ 427 mil aos cofres públicos.
Na última segunda-feira, após a defesa entrar com recurso, o Ministério Público acatou o pedido e desbloqueou os bens de todos os envolvidos. “Acreditamos que esse bloqueio foi precipitado, já que todas as informações solicitadas foram repassadas. Fomos pegos de surpresa com esta ação movida pelo MP”, declarou o secretário municipal de Administração, Hélio de Oliveira.
As irregularidades apontadas pelo Ministério Público se dão sobre licitação para contratação de uma empresa de São José dos Pinhais para a realização de transporte. “Esta Kombi transportava os funcionários da prefeitura que residiam naquela cidade. Ao chegar em Tijucas, levava estudantes especiais para frequentar as aulas em São José. Ao fim da tarde, realizava o trajeto inverso. Todo este trabalho aconteceu entre 2010 e 2014, até os estudantes passarem a ser atendidos no município”, explicou Hélio. Antes disso, a prefeitura pagava vale transporte aos servidores e os alunos se deslocavam com transporte coletivo, sendo expostos a vários riscos. Havia também uma outra Kombi que era utilizada para transporte de alunos em comunidades distantes como Tácum e Matulão. “Após a implantação deste serviço nestas localidades, tivemos uma queda acentuada no número de crianças que deixavam de estudar porque não tinham como se deslocar”, ressaltou o secretário, salientando que este último atendimento ainda acontece, mas com outra licitação.
Mesmo com o desbloqueio dos bens, o processo segue em andamento e a defesa está coletando provas para anexar ao processo. “Não houve má-fé, o serviço foi realizado com qualidade e atendeu muitas pessoas. Estamos anexando ao processo as declarações dos pais que tiveram seus filhos beneficiados com o transporte. Além disso, temos as matrículas dos estudantes que comprovam a necessidade do atendimento e ainda a aprovação das contas da prefeitura no exercício de 2010, incluindo a análise sobre esta licitação”, destacou o prefeito Altair Gringo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email