sábado, 19
 de 
junho
 de 
2021

Mandirituba reorganiza sistema municipal em unidades de saúde

ATENDIMENTO POLICLÍNICA (11)_Easy-Resize.comO município de Mandirituba, através da Secretaria de Saúde, deu início à reestruturação nas unidades básicas de saúde, hospital e Policlínica. A medida tem como objetivo dar mais agilidade aos atendimentos de casos suspeitos de coronavírus. A decisão foi tomada após reunião com a equipe técnica de todas as unidades e diante da dificuldade enfrentada pelas equipes de frente ao enfrentamento à pandemia.

A partir da última quarta-feira, as unidades básicas de saúde estarão otimizando os atendimentos aos pacientes com sintomas característicos do coronavírus, como febre, tosse, dor de garganta ou dificuldade respiratória. O objetivo é assegurar as medidas de controle precoce evitando a disseminação do vírus, através do protocolo de triagem.

O método irá agilizar o atendimento de casos suspeitos pelas equipes da atenção primária nos postos de saúde, impedindo a circulação e o contágio do vírus nesses ambientes. O critério é voltado para pacientes com risco de infecção pelo vírus, priorizando pacientes do grupo de risco. Como idosos e portadores de doenças crônicas e autoimunes, gestantes e até 45 dias após o parto.

Assim que chegarem ao posto de saúde com os sintomas de gripe, os pacientes serão encaminhados para um ambiente de isolamento respiratório, evitando a circulação e contágio local de outros pacientes.

Os atendimentos na unidade básica de saúde da Lagoinha nesse período estarão suspensos temporariamente, tendo os pacientes transferidos para a unidade básica de saúde central, para que desta forma os atendimentos possam ser otimizados.

Os atendimentos no hospital municipal, serão 24 horas, centralizando 100% dos casos com sintomas característicos do Coronavírus, como febre junto com tosse, dor de garganta ou dificuldade respiratória e pacientes positivos de covid-19.

Os atendimentos na Policlínica Municipal, serão 24 horas, acolhendo os pacientes sem queixa de sintomas de Covid.

A nova organização será implantada de forma provisória e avaliada diariamente pela equipe técnica e setor de epidemiologia. A orientação é para que as pessoas procurem somente o serviço de saúde se tiverem sintomas mais presentes, como tosse, dor de garganta, febre persistente. Caso tenha esses sintomas associados à falta de ar deve procurar imediatamente o serviço de urgência.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email