terça-feira, 28
 de 
maio
 de 
2024

Mandirituba é palco de peça teatral sobre doação de medula óssea

Espetáculo reuniu centenas de pessoas nesta semana. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Mandirituba
Intitulado ‘Procura-se uma Estrela’, espetáculo reuniu cerca de 900 expectadores

A cidade de Mandirituba recebeu, na última segunda-feira, a peça teatral ‘Procura-se uma Estrela’, que trata sobre a doação de medula óssea. O evento foi realizado no Teatro Municipal e teve a participação das escolas da rede municipal e também da Apae.

Por se tratar de um espetáculo que utiliza uma abordagem poética e divertida, aproximadamente 900 expectadores, incluindo crianças e adultos do município, puderam aproveitar a apresentação, que ocorreu nos períodos da manhã, tarde e noite.

O diretor de Cultura, Fernando Cordeiro, comentou sobre a realização da peça no município. “A cultura pode contribuir na prevenção e conscientização sobre as mais diversas temáticas, nesse caso, se tratou de um tema importante para a saúde, sendo um importante investimento, pois prevenir é sempre mais barato do que tratar” afirmou.

A peça apresentou uma dupla de artistas acostumada a visitar os pacientes em tratamento de leucemia no Hospital de Clínicas, que resolve invadir a praça e ultrapassar o limite do hospital para cativar outra figura fundamental nessa história: o doador de medula óssea. Com muitas peripécias e graça, a dupla tenta convencer uma moça emburrada a cadastrar-se e para isso, contam a história do menino Alexandre e da costureira Maria, que soltam garrafinhas no mar com histórias verídicas de pacientes à espera de um transplante. Partindo da linguagem do palhaço e do clown, com música ao vivo, bonecos e jogos lúdicos de interação com o público, a peça diverte, comove e convida o espectador a tomar uma atitude de salvar vida em ser doador.

Desde 2005, a Processo MultiArtes, em parceria com a Vão Livre Produções Artísticas, realizou mais de 300 apresentações para cerca de 18 mil pessoas em diversas cidades do Brasil, e as campanhas realizadas após as apresentações resultaram em cerca de 5.000 novos cadastros de doadores voluntários. Em Mandirituba, também foi realizado o cadastramento de doadores voluntários na saída do evento.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email