sábado, 25
 de 
setembro
 de 
2021

Jessé vence nova eleição na câmara e segue no comando do executivo

Jessé Zoellner segue como prefeito interino. Foto: Arquivo/O RegionalOs últimos dias foram bastante movimentados no meio político em Agudos do Sul. Em menos de 15 dias, a câmara teve que realizar por duas vezes a eleição para a presidência da casa, as duas vencidas por Jessé Zoellner, que, diante da vacância do cargo de prefeito e vice, está no comando do poder executivo.

Após uma sessão de posse tumultuada no último dia 1º de janeiro, na qual Jessé havia sido eleito presidente da câmara e consequentemente assumido o cargo de prefeito interino, a oposição conseguiu no final da semana passada uma liminar na Justiça, a qual anulou a eleição da mesa diretora do legislativo. A alegação seria o direito de participar da eleição de um dos vereadores, que ainda não havia sido diplomado e, portanto, não estava ainda empossado naquela data.

Jessé se pronunciou nas redes sociais ainda no sábado, dizendo respeitar a decisão judicial. No início desta semana, o vereador com mais idade, Alcídio Gomes, marcou para a última quarta-feira uma nova sessão para escolha da presidência, ao mesmo tempo que tramitou um recurso da procuradoria da câmara para tentar derrubar a liminar que anulou a eleição do dia 1º.

A segunda-feira ainda foi completada com uma nova totalização dos votos pela Justiça Eleitoral, que promoveu mudanças na composição da câmara. Com isso, o MDB ganhou mais uma cadeira, com Elizeu Machado passando à condição de eleito. E quem perdeu uma vaga foi o PSB e assim o candidato Renato Woiciekovski, antes eleito, agora fica como suplente.

Com a definição dos vereadores eleitos e a não aceitação do recurso da câmara, foi realizada na quarta-feira a nova sessão. Primeiramente foi realizada a posse dos vereadores Nei Rocha e Elizeu Machado e em seguida promovida a eleição para a presidência.

Após consenso entre maioria dos legisladores, foi apresentada chapa única, com Jessé Zoellner como presidente, Leonides Ferreira de Melo como vice, Moisés Kerscher de Oliveira como primeiro secretário e Everson Adolphatto como segundo secretário. A chapa foi eleita com seis votos a favor, dois em branco e um nulo. Com Jessé como prefeito interino, Melo assume a presidência. Com a experiência de já ter presidido a casa em outras gestões, ele declarou que pretende realizar um bom trabalho e atuar de forma conjunta.

Jessé, em seu discurso, falou sobre as dificuldades que teve na primeira semana como prefeito e sobre o desejo de que o trabalho pela população tenha andamento. “Vamos trabalhar, junto com os vereadores, sem lado político. Nosso partido agora se chama Agudos do Sul”, completou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email