segunda-feira, 14
 de 
junho
 de 
2021

Governo decreta estado de emergência e anuncia medidas de contenção

Governador convocou os órgãos de segurança e de saúde para alinhar medidas de enfrentamento à pandemia do coronavírus. Diversas ações de prevenção estão sendo adotadas. Foto: Rodrigo Félix Leal/AENCom o avanço dos casos de coronavírus em todo o país, bem como no Paraná, o governo estadual anunciou uma série de medidas preventivas para atenuar a disseminação do vírus, diminuindo a circulação de pessoas e evitando aglomerações. Em coletiva realizada na última segunda-feira, o governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou as ações que estão sendo adotadas pelo Estado como paralisação de aulas em escolas e universidades estaduais, suspensão de grandes eventos, públicos e particulares, que reúnam mais de 50 pessoas, além do fechamento de museus, bibliotecas, teatros e centros culturais do Estado do Paraná por tempo indeterminado, e a suspensão das visitas em hospitais, penitenciárias e centros de socioeducação.

Ontem, os secretários da Saúde, Beto Preto, da Casa Civil, Guto Silva, e de Administração e Finanças, Reinhold Stephanes, fizeram o anúncio do decreto assinado por Ratinho Junior que estabelece estado de emergência no Paraná. Também foi determinado pelo chefe do executivo estadual o fechamento de determinados estabelecimentos comerciais, como shoppings centers, galerias e academias. Na oportunidade, foi anunciada a contratação de profissionais da saúde aprovados em concurso público para reforçar a força-tarefa contra o coronavírus no Paraná.

Ratinho Junior destacou que o Estado está trabalhando em cima do planejamento de combate ao vírus, reforçando ações de prevenção e de retaguarda. “Não é para pânico. As medidas adotadas têm como objetivo amenizar a proliferação do vírus”, reforçou o governador. “Queremos evitar que o contágio evolua para uma escala em que não tenhamos controle”, acrescentou.

Em alguns colégios, as aulas já não apresentam demanda de alunos nos últimos dias. Foto: Arquivo/O Regional

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, explicou que as novas contratações fazem parte do plano de ação do governo para o enfrentamento ao vírus. “São profissionais que vão atuar em diversas Regionais de Saúde do Estado para ajudar a organizar o trabalho que vem sendo feito em todo Paraná contra o coronavírus”, afirmou. “Conseguiremos ofertar ainda mais possibilidades aos paranaenses neste momento de pandemia”, completou o secretário, detalhando que estão previstas contratações de leitos de UTI, de aparelhos hospitalares e a validação de laboratórios privados para a confecção dos testes para descobrir se o paciente está ou não infectado.“Estamos tomando medidas diárias para reforçar o quadro, articulando uma rede de proteção que garanta o atendimento de todos, especialmente daqueles que estão mais vulneráveis, como os idosos”, destacou.

Conforme o anúncio feito no início da semana, em relação aos servidores públicos estaduais, ficou estabelecido que os profissionais que pertencem ao chamado grupo de risco, ou seja, com mais de 60 anos, portadores de doenças crônicas, gestantes, lactantes ou que regressaram de locais com surto reconhecido deverão realizar trabalho remoto (home office) por 14 dias. O mesmo vale para os servidores que, mesmo fora do grupo de risco, apresentarem qualquer sintoma da doença.

Foi decretado ainda que as secretarias da Saúde, Segurança Pública e Agricultura e Abastecimento organizem uma força-tarefa para atuar nas divisas do Paraná com outros estados para orientação e averiguação da movimentação de pessoas. A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) ficará encarregada da profilaxia e expedição de recomendação no âmbito do transporte público coletivo e como haverá um reforço na utilização, o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) analisará a possibilidade de direcionar sua linha de produção para fabricação de álcool em gel a ser adquirido pela Administração Direta e Indireta do Estado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email