quarta-feira, 12
 de 
junho
 de 
2024

Novas famílias passam a fornecer alimentos para escolas de Piên

Diversos alimentos da agricultura familiar são disponibilizados para a merenda escolar da rede de ensino em Piên. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Piên
Diversos alimentos da agricultura familiar são disponibilizados para a merenda escolar da rede de ensino em Piên. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Piên
Município adquire ingredientes da agricultura familiar para a alimentação escolar. Prefeito Maicon Grosskopf assinou nesta semana credenciamento de novas famílias para fornecer os itens

O prefeito de Piên, Maicon Grosskopf, assinou nesta semana o credenciamento de mais 16 famílias que a partir de agora estão aptas a fornecer alimentos da agricultura familiar para as escolas. Em ação que já vem sendo desenvolvida, o município, através do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), adquire ingredientes como ovos, verduras, legumes e frutas para incrementar a merenda que é servida nas instituições de ensino.

Segundo a prefeitura, é um programa através do qual a Secretaria Municipal de Educação, além de oferecer produto de qualidade para os alunos da rede municipal de ensino, beneficia a agricultura familiar local. “Quando assumimos eram cerca de 6 agricultores que forneciam para o município, hoje este número aumentou e estamos com 16 famílias credenciadas”, disse o prefeito.

No total, o credenciamento assinado pode chegar a cerca de R$ 300 mil em aquisição de produtos. “É dinheiro do município que fica no município, onde famílias poderão plantar e tirar o seu próprio sustento fornecendo um alimento de qualidade para nossas crianças”, comentou.

O programa tem parceria direta com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, que auxilia os produtores e incentiva para que comecem a produzir alimentos para fornecer à merenda escolar.

Um diferencial no credenciamento deste ano é que, além de frutas, verduras e legumes, foi estabelecido contrato com três famílias que irão fornecer ovos. “E isso só é possível porque nós oferecemos a certificação do Selo de Inspeção Municipal (SIM), com o qual os produtores podem vender seus produtos para o município e para o comércio”, disse o secretário de Agricultura, Carlos Magon.

Os alimentos são solicitados pela Secretaria de Educação e entregues conforme a demanda e consumo dos alunos nas escolas. “Fornecer uma alimentação de qualidade para nossas crianças é de extrema importância. Aluno bem alimentado é aluno que aprende e tem um rendimento melhor em sala de aula”, finalizou a secretária da pasta, Clarice Fragoso.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email