quinta-feira, 17
 de 
junho
 de 
2021

Família da Lapa se destaca na produtividade e qualidade do leite

Produção de leite garante renda para muitas famílias em toda a Lapa. Foto: IDR-PRCom o apoio e mão de obra da família, Osvaldir Benedito Teixeira mantém a produção do seu rebanho leiteiro na comunidade Faxinal dos Pretos, no município da Lapa. Há um ano, ele participa do Projeto Estadual de Bovinocultura de Leite, do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater (IDR-Paraná) e neste período de tempo já conseguiu melhorar a qualidade do leite, a produtividade e o lucro com a atividade.

Os trabalhos na propriedade tiveram início em julho do ano passado, quando o produtor estabeleceu a meta de produzir 250 litros de leite por dia. Para isso, Teixeira seguiu as orientações dos extensionistas para fazer a gestão e a dieta dos animais, sem descuidar da qualidade final do leite. Com o acompanhamento técnico prestado pela médica veterinária Camila Cristina Antunes Negrão de Andrade, do IDR-Paraná, a meta já foi superada e atualmente o rebanho da família Teixeira produz 260 litros de leite por dia.

Conforme a veterinária, para garantir a qualidade da produção, a família passou a fazer o controle leiteiro zootécnico mensal, serviço oferecido pela Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (APCBRH) e também participou de palestras e capacitações, além de seguirem as orientações de manejo de ordenha e realizarem o tratamento dos animais doentes. “A preocupação da família em entregar um leite de qualidade para o Programa Leite das Crianças e o resultado do esforço está em seus indicadores de qualidade do leite”, explicou.

Em julho do ano passado, quando a família começou a receber assistência técnica, a propriedade contava com produção média de 160 litros de leite ao dia. Eram dez animais e uma produtividade de 16 litros/animal/dia. Um ano depois, o indicador passou para 21,9 litros/animal/dia, com um aumento de aproximadamente 6 litros/animal/dia.

O cuidado com o pasto, o balanceamento de dieta de precisão e a gestão da propriedade foram fundamentais para esse resultado. Outro indicador de melhoria na propriedade foi o aumento da Margem Bruta Média que passou de R$ 0,86 por litro produzido, para R$ 1,02.

Para os produtores, esse é o resultado concreto do gerenciamento de custo da propriedade e melhoria da eficiência leiteira dos animais, sob a orientação, dos extensionistas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email