domingo, 22
 de 
maio
 de 
2022

Empreendedoras investem na produção artesanal para Páscoa

Empreendedora de Tijucas do Sul trabalha com a produção de chocolates há nove anos. Foto: Divulgação

Déborah Priscila Camargo, de Tijucas do Sul, e Graciela Ribas de Siqueira, de Piên, buscam sempre estar inovando em produções para a Páscoa

A produção de ovos de Páscoa é um dos maiores investimentos de empreendedoras de chocolate da região. Um dos exemplos é Déborah Priscila Camargo, de Tijucas do Sul, que trabalha com chocolate desde 2013 e busca estar sempre se especializando. Déborah conta que começou a produção para a Páscoa no dia 17 de janeiro com objetivo de dar conta de abastecer os locais que vendem seus produtos. Ela afirma que o planejamento dura o ano inteiro, pois essa é uma data importante.

A empreendedora conta que neste ano está com uma linha especial de ovos decorados com brinquedo. “Para Páscoa temos uma linha especial kids com ovos decorados e brinquedo. Dinossauros, controles de videogame e pequenos animais, tudo em chocolate”, conta. Segundo ela, há ovos com vários tamanhos e com diferentes opções. “Temos uma linha de ovos com vários tamanhos, coelhos de diversos modelos e opções sem lactose, diet e vegana”, explica.

Déborah diz que o resto do ano trabalha com barras, alfajor, peças personalizadas e tem como carro chefe trufas que são produzidas em mais de 365 sabores. “Isso tudo mais as opções de todas as outras datas comemorativas e estações do ano, como no inverno que fazemos bombom em formato de pinhão recheado com brigadeiro de pinhão e alfajor feito com bolacha artesanal com farinha de pinhão e kit de chocolate quente”, conta.

Graciela, de Piên, atua no ramo de produção de doces artesanais há 11 anos. Foto: Arquivo/O Regional

Em Piên, a empreendedora Graciela Ribas de Siqueira, proprietária da Delícias da Graci, produz há mais de 11 anos. Ela começou a produção de maneira não intencional, com festas de aniversários da família e em pouco tempo, o rumo a levou a empreender no ramo. “Comecei produzindo doces para o aniversário da minha filha. Todo mundo que experimentava comentava que eu deveria abrir um negócio”, conta. Hoje Graci trabalha com doces finos.

Logo, seu trabalho deixou de ser hobby e buscou o aperfeiçoamento. “Fiz um curso em Curitiba e com o início da pandemia, comecei a estudar de maneira online”, diz.
Graci afirma que busca estar sempre se aperfeiçoando. Além de doces gourmet para casamentos, aniversários, a empreendedora produz bolos, chocolates, pão de mel, maçã do amor e em cada data comemorativa ela afirma que busca produzir novos itens. Graciela ressalta que seus produtos são sempre artesanais. “Busco sempre usar os melhores produtos, de qualidade e chocolates nobres”, finaliza.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email