segunda-feira, 20
 de 
setembro
 de 
2021

Economia reage e região tem saldo positivo de 350 empregos em julho

Construção civil é um dos setores que têm auxiliado nesta retomada da economia, duramente afetada pela pandemia. Foto: Henrick Loyola Porzycki/AENAinda que a passos lentos devido à pandemia da Covid-19, a economia vem apresentando sinais importantes de retomada do crescimento. Na última semana, o Ministério da Economia divulgou os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que apontou, nas dez cidades da região, um saldo positivo de 350 postos de trabalho no último mês de julho.

Após fechar os meses de abril e maio com expressivo déficit no número de vagas, a crise foi amenizada em junho, no entanto, ainda com saldo negativo de 84 postos de trabalho. Já em julho, com a retomada de uma série de atividades comerciais e industriais, o panorama foi melhor havendo 1.722 admissões e 1.372 desligamentos, contabilizando resultado positivo de 350 vagas.

Em meio à pandemia, a retomada dos empregos e da atividade comercial e industrial vem acontecendo de forma gradativa, ainda com várias restrições, mesmo assim o acumulado do ano fechou com saldo positivo de 183 postos de trabalho. Neste sentido, as cidades de Agudos do Sul, Contenda, Lapa, Quitandinha e Rio Negro obtiveram mais admissões do que demissões neste período.

Esta melhora no cenário a nível regional também foi seguida pelo Estado, onde foram criados 8.833 no último mês, um crescimento de 214% em relação a junho. “O resultado é animador e reflete a força e potencial do Paraná. O governo está tomando todas as medidas para que a economia volte a acelerar, gerando emprego e renda”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior, salientando que os investimentos públicos e privados, aliados a força do agronegócio, têm auxiliado neste processo de retomada. “Sempre estivemos atentos às recomendações dos órgãos da Saúde, no entanto, buscamos alinhar medidas que protegessem e dessem segurança ao sistema econômico”, enfatiza.

A alta na geração de empregos é um importante sinal do aquecimento da economia, que neste ano foi duramente afetada pela pandemia. A expectativa é de que os próximos meses, puxada pelo fortalecimento de determinados segmentos, esta crescente seja contínua.

Saldo de empregos. Arte: O Regional

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email