sábado, 25
 de 
setembro
 de 
2021

Dia de Finados movimenta cemitérios

Tica e Reni realizaram nesta semana a limpeza do túmulo onde estão sepultados os pais e irmão. Foto: Arquivo/O RegionalA chegada do Dia de Finados, comemorado em 2 de novembro, é sempre marcada pela intensa movimentação nos cemitérios. No suleste paranaense, estes locais devem receber milhares de pessoas neste sábado para visitações aos túmulos e orações pelos falecidos.

Na região, a proximidade da data já provocou um aumento no movimento nos cemitérios durante a semana. Foi observado um expressivo número de pessoas limpando e ornamentando os túmulos de seus entes queridos para que tudo esteja preparado para amanhã.

É o caso das irmãs Reni e Tica Mokesinski, de Contenda. Elas estiveram no cemitério municipal, localizado no centro da cidade, na quarta-feira, lavando o túmulo de seus pais e seu irmão. “É uma tradição nossa, próximo à data de Finados, lavar e colocar flores no túmulo dos entes queridos”, explicam. Segundo elas, é uma forma de respeito e lembrança àqueles que já se foram.

O padre Clayton Scabia, da Paróquia Santos Reis, da Lapa, explica primeiramente que o catolicismo sempre professou a fé na igreja triunfante. “São os que já foram redimidos e estão junto de Deus. É essa igreja que comemoramos no dia 1º de novembro, Dia de Todos os Santos, celebrando nossa fé na vida eterna”, enfatiza o sacerdote, salientando que existe também a igreja militante, que é o povo de Deus que está na terra cumprindo a sua missão. “Sabemos que depois desta vida, para entrarmos na igreja triunfante, precisamos estar purificados e por isso existe o purgatório, para purificar as almas”, acrescenta.

Ele cita a importância da oração. “As almas do purgatório necessitam de nosso apoio e nós como cristãos podemos oferecer orações e sacrifícios por elas, pedindo a purificação. Por isso que a igreja celebra em 2 de novembro, Dia de Finados, missas e orações pelos mortos, pedindo o repouso eterno dessas almas, para que possam entrar na igreja triunfante, na glória de Deus”, completa o padre.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email