quarta-feira, 1
 de 
dezembro
 de 
2021

Com crescimento de 1,2%, população supera marca de 301 mil habitantes

População do suleste paranaense apresentou um crescimento de 1,2% entre 2020 e 2021. Foto: Arquivo/O Regional
Segundo o levantamento, as cidades da região tiveram aumento populacional acima das médias estadual e nacional

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, na última semana, dados relacionados à estimativa populacional do país em 2021. Agora, a população brasileira chega a 213,3 milhões de habitantes e a paranaense é de 11.597.484 pessoas, conforme o levantamento, que tem como data de referência o dia 1º de julho.

E em relação aos números regionais, com um crescimento de 1,2% em relação ao ano passado, o suleste paranaense chega à marca de 301.050 habitantes, superando as médias nacional, de 0,74%, e estadual, de 0,70%. Conforme as estatísticas, Fazenda Rio Grande segue com a maior estimativa populacional e maior crescimento percentual, com 103.750 habitantes e índice de 1,7%, respectivamente, enquanto Campo do Tenente tem a menor população, com 8.118 pessoas.

O secretário de Urbanismo de Fazenda Rio Grande, Lanes Randal Prates, aponta que, levando em conta alguns critérios demográficos, o número de habitantes do município pode superar 180 mil pessoas. “Considerando o número de eleitores, o número de estudantes da rede de ensino, as ligações de água e luz, estimamos uma população na faixa de 180 mil habitantes”, comenta Prates, detalhando que estes índices já são apurados junto ao IBGE. “Em janeiro de 2021, foi realizada uma reunião com o Instituto e foram apresentados os dados”, explica.

Segundo o secretário, Fazenda Rio Grande e demais municípios vizinhos vêm se desenvolvendo de uma forma exponencial e o poder público tem adotado medidas para dar suporte à população local. “Temos investimentos em infraestrutura, a área industrial vem sendo priorizada, e já preparamos a cidade para os desafios futuros, buscando atrair novas empresas e gerar empregos, além de uma atenção para os setores da saúde e educação”, finaliza.

Nacional – Conforme as estimativas, os estados mais populosos são São Paulo (46,65 milhões), Minas Gerais (21,41 milhões) e Rio de Janeiro (17,46 milhões). São três estados brasileiros com menos de 1 milhão de habitantes, sendo Acre (906,9 mil), Amapá (877,6 mil) e Roraima (652,7 mil).

Estimativa populacional. Arte: O Regional



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email