sábado, 2
 de 
março
 de 
2024

Biofilia é o nome de um livro ecólogo americano Edward O. Wilsonem 1984. “Biofilia” vem do grego bios, que significa vida e philia, que significa amor, afeição. Podemos então concluir que biofilia é o amor pela vida. Segundo este mesmo autor, esta relação de amor está ligada ao nosso processo evolutivo e passou a estar gravada em nosso DNA, ou seja, transmissível por gerações, hereditária. Mas o que tem esta palavra a ver com o nosso dia a dia?

Muitas pessoas sentem atração por outros mamíferos a ponto de tê-los como animais de estimação. Se apegam tanto a ponto de realizar uma ligação emocional com estes, passando a considerá-los membros da família. Exemplo disso é o processo de luto. Como cães e gatos, por exemplo, tem um tempo de vida muito menor que os seres humanos, podemos passar por vários processos emocionalmente dolorosos de despedida física dos pets. Isto só reforça a nossa ligação com os animais.

Ao mesmo tempo podemos também refletir sobre a nossa ligação com as plantas. Muitas casas possuem algum tipo de vegetal seja ele para alimentação ou para ornamentação. De certa forma observamos desta maneira uma espécie de simulação de nosso contato passado, lá do tempo em que éramos caçadores e coletores e tínhamos nas florestas e campos os nossos lares. Eu inclusive já presenciei amigos que possuem plantas que passam de pais para filhos por gerações, sejam na reprodução direta por mudas ou coleta de sementes.

Trago este tema para entendermos que a nossa ligação com o meio ambiente é muito maior do que pensamos. A nossa história evolutiva ocorreu inteiramente concomitantemente com a evolução de diversas espécies animais e vegetais e isto, de certa forma, nos trouxe esta ligação. Este fato só reforça que devemos viver na maior harmonia possível na terra com todos os nossos vizinhos, independente de espécie ou outro grupo taxonômico (ramo da biologia responsável por descrever, identificar e nomear os seres vivos de acordo com critérios estabelecidos (morfológicos, genéticos, fisiológicos e reprodutivos)).

Cuidar da vida é da nossa natureza e viver em harmonia a nossa maior missão. Pense nisso!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email