segunda-feira, 8
 de 
agosto
 de 
2022

Avaliação do SUS nas cidades da região está acima da média nacional

SUS na região/Foto:ArquivoAs cidades da região, mesmo tendo muito ainda a evoluir, tiveram resultados satisfatórios no Índice de Desempenho do SUS – IDSUS. A ferramenta, lançada pelo Ministério da Saúde na última semana, avalia indicadores do setor e pretende ajudar o governo federal, os estados e os municípios a qualificarem o atendimento do Sistema Único de Saúde.

Foram avaliados, entre 2008 e 2010, os diferentes níveis de atenção – básica, especializada ambulatorial e hospitalar e de urgência a emergência – verificando a infraestrutura e os serviços, considerando acesso e efetividade. Numa escala de 0 a 10, a média do Brasil foi de 5,46, enquanto que no Paraná foi de 6,23. No suleste paranaense, todas as cidades superaram a nota nacional – a média regional, considerando os dez municípios, foi de 6,51.

Para uma análise comparativa mais justa, de acordo com as características das cidades, o índice leva em consideração os grupos de municípios homogêneos. Na região, a maioria das cidades está no grupo 5, onde se destacam Tijucas do Sul, com índice de 7,18, e Campo do Tenente, com 7,04. Segundo a secretária de Saúde de Tijucas, Lorena Claudino Costa, o índice alcançado é resultado de um comprometimento de toda a equipe e dos bons investimentos no setor. “Humanização e prevenção têm sido as nossas premissas de trabalho”, enfatiza.

As notas dos dois municípios já citados também são as mais altas no geral do suleste do Paraná. Enquanto isso, os desempenhos menos positivos da região foram da Lapa, com 5,54, do grupo homogêneo 3; Mandirituba, com 5,86, do grupo 5; e Fazenda Rio Grande, com 5,89, do grupo de municípios 4. A secretária do setor na Lapa, Ilde Serra, relata que boa parte do que foi avaliado aconteceu antes dela assumir a pasta, em 2010, mas mesmo assim relata que em alguns indicadores a cidade está bem. “E o índice não avaliou só o que é de competência da nossa secretaria e sim também clínicas e inclusive um hospital que é de gerência estadual refletindo na nossa média”, completa Ilde.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email