segunda-feira, 15
 de 
agosto
 de 
2022

As mulheres estão em todos os setores do mercado de trabalho

Mulheres no Mercado de Trabalho/Foto:ArquivoOntem foi dia de homenagear a classe feminina. 8 de março é o Dia Internacional da Mulher. Comemorada desde o início do século passado, a data celebra as conquistas das mulheres ao longo das décadas. Operárias, atendentes, executivas, presidentes de países. No mercado de trabalho, elas ocupam hoje espaço em praticamente todos os setores.

Ana Claudia Zaclikevisc é farmacêutica e também empresária. Formada há 7 anos, ela é proprietária de farmácia em Tijucas do Sul. Segundo ela, a chave para o bom andamento dos negócios é o bom relacionamento com os clientes e com a equipe. “Aqui priorizamos sempre a qualidade no atendimento”, revela. Em alusão ao dia da mulher, a farmácia distribuiu mimos às clientes.

Entre as funções mais comuns ocupadas pelas mulheres na área comercial está a de vendedora. Esta é o papel de Rosana Cieslinski, de Mandirituba. Solteira, a jovem busca novos desafios de trabalho. “Saí há pouco tempo de uma fábrica buscando algo melhor para mim”, comenta. Questionada sobre o quê comemora nesta data, Rosana relatou a força da classe. “A mulher é vitoriosa e tem força de vontade. Ela também fica feliz por ser lembrada neste dia e por ter uma data para comemorar”, disse.

Há também mulheres que trabalham em funções que em anos anteriores eram quase que exclusividade dos homens. Jessica dos Santos Carvalho trabalha de frentista em Mandirituba. Para ela, este dia tem sempre uma cara nova. “Me sinto diferente nesta data. Ele não é como um dia qualquer”, enfatiza. Para a jovem, trabalhar numa função que era voltada apenas para o público masculino até um tempo atrás não a incomoda, mas sim mostra que a mulher tem força e está encontrando cada vez mais seu espaço no mercado de trabalho.

A motorista Izorete Calistro é atualmente chefe de transportes na Secretaria de Saúde de Agudos do Sul. Em maio, ela vai completar 23 anos na profissão de motorista. Nas constantes viagens aos hospitais e órgãos de saúde, já cultivou grande amizade com as equipes deste setor de outras cidades. “Sempre sou tratada com respeito e educação; há brincadeiras, mas sem nenhum tipo de preconceito por eu ser mulher”, conta. Ela dirige carro, ambulância, ônibus, o que for preciso, e cita ainda que a equipe de Agudos agora conta com mais duas motoristas mulheres.

Elas estão atuantes também na política, com vereadoras em boa parte das câmaras dos municípios circunvizinhos e com cargos também no executivo. Em toda a região e nas mais diversas atividades, as mulheres são vistas bem desempenhando seus trabalhos com amor e dedicação.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email