sábado, 25
 de 
setembro
 de 
2021

Agudos é pioneiro na implantação de família acolhedora a idosos e PCDs

Habilitação das famílias foi concluída e é um dos importantes estágios do programa. Foto: DivulgaçãoFoi concluída na última semana, em Agudos do Sul, a habilitação das famílias do programa Reviver. Trata-se de um projeto de família acolhedora para idosos e adultos PCDs (pessoas com deficiência). O município é pioneiro no Paraná e o terceiro do Brasil a implantar este serviço.

O processo de habilitação das famílias, em um total de cinco, foi prejudicado devido à pandemia de Covid-19, mas está agora concluído com sucesso. Foram várias etapas, desde inscrição e entrevista até visita domiciliar, avaliação psicológica, mini curso com certificado e, enfim, a habilitação.

A capacitação foi realizada pela equipe técnica formada pela assistente social Ana Regina Corodel e pela psicóloga Karla Mendes. A secretária municipal de Assistência e Promoção Social, Nancy Felix de Mello, também explanou durante o processo sobre os aspectos financeiros e legais do programa.

Já há cinco pessoas acolhidas por meio do Reviver. A secretária explica que a prefeitura ajuda com a parte financeira e que a assistente social e a psicóloga fazem um acompanhamento com as famílias. Além disso, a equipe do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) realiza visitas periódicas levando atividades de convivência. “Era um sonho dar um lar aos nossos idosos. Em vez de fazer convênio com uma casa lar, passamos a estudar essa possibilidade de família acolhedora, que se tornou realidade”, conclui.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email