segunda-feira, 18
 de 
outubro
 de 
2021

Agricultores já apontam prejuízos com a produção de batata em Contenda

Produção de Batata/Foto:ArquivoPlantar batata em Contenda já foi sinônimo de produtividade e lucratividade. Hoje há uma outra realidade. A safra da seca, por exemplo, está se tornando inviável segundo relata o agricultor Miguel Pedro Tulik, da comunidade de Campestre. “A saca está sendo vendida por 19 reais e o preço mínimo para não dar prejuízo teria que ser 25 reais. Imaginamos que teremos ao final um prejuízo total de 17 mil reais”, conta Tulik.

O gerente da Emater em Contenda, Hamilton Borges de Oliveira, relata que o solo do município já não consegue dar os mesmos resultados dos anos anteriores. “Existe um desgaste e precisamos repensar essa atividade, sendo aconselhável migrar para outra cultura. Estamos próximos da capital e talvez a opção seja o incentivo a cultura de produções com giro rápido, como por exemplo, a produção de hortifrutigranjeiros“, orienta.

A família Boszcz, que reside na localidade de Pocinho, é um bom exemplo no município. Ex-plantadores de batata, eles atuam agora na produção de cogumelos e têm renda garantida.

Hamilton Oliveira relata que há intenção da criação de uma cooperativa e ampliar a possibilidade de linhas de créditos para quem tenha interesse em atuar na diversificação da produção agrícola.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email