segunda-feira, 18
 de 
outubro
 de 
2021

Zé Ribeiro solicita a Comec melhorias no transporte coletivo

Gilson e Zé Ribeiro conversaram sobre os projetos que estão sendo trabalhados para o transporte. Foto: DivulgaçãoDiariamente, centenas de pessoas da região utilizam o transporte metropolitano com destino a Curitiba, sendo que a grande maioria realiza este trajeto para trabalhar. Visando melhorias neste serviço, o vereador de Quitandinha, Zé Ribeiro, esteve em reunião com o presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), Gilson Santos, solicitando informações e apresentando demandas para o sistema.

Segundo Zé Ribeiro, uma das solicitações foi saber qual a forma em que serão realizadas vistorias nos ônibus que fazem a linha que liga Quitandinha ao bairro Pinheirinho, em Curitiba. “A qualidade do serviço prestado pela empresa responsável neste trajeto é sempre questionável, mesmo reconhecendo que a Comec zela pela boa prestação dos serviços, no entanto, existem pontos que é necessário avançar”, avalia Zé Ribeiro, lembrando, por exemplo, que os coletivos não possuem cortinas e em dias de temperaturas altas os passageiros sofrem com o calor do sol. Zé Ribeiro também falou que geralmente alguns veículos têm apresentado falha mecânica.

O presidente da Comec, Gilson Santos, reforçou o compromisso em qualificar o transporte coletivo e informou que desde o início do ano vem se reunindo com as empresas do sistema metropolitano para estabelecer uma agenda positiva. “No caso de Quitandinha, especialmente, é uma linha bem distante e que requer acompanhamento frequente da situação dos veículos”, ressaltou.

A boa notícia é que o governo do estado confirmou o subsídio da tarifa do ônibus. “Esse esforço garantiu que o reajuste anual acontecesse abaixo do índice da inflação e em municípios mais distantes da capital, como é o caso de Quitandinha, o valor fosse congelado, sem aumento. E com isso também garantimos a manutenção da integração”, completou.

Transporte escolar – O vereador Zé Ribeiro apresentou também um pedido de informações à prefeitura sobre o transporte escolar prestado pelo município. Segundo ele, foi verificado casos em que alguns ônibus têm excesso de passageiros, expondo os usuários a uma série de riscos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email