sábado, 21
 de 
maio
 de 
2022

Vigilância em Saúde identifica o primeiro foco de dengue em Piên

Profissionais da Vigilância em Saúde fizeram a análise das larvas coletadas recentemente na cidade. Foto: Divulgação

Larvas foram coletadas na área central e encaminhadas para análise, havendo a confirmação da presença do vetor

A equipe da Vigilância em Saúde de Piên identificou, na última semana, o primeiro foco do mosquito transmissor da Dengue, Zika vírus e Chikungunya no município. Após a visita de rotina da agente de combate a endemias a um comércio no centro da cidade, foram coletadas larvas para análise, havendo a confirmação da suspeita.

Após os estudos realizados, foram constatadas nove larvas e sete pupas do mosquito Aedes aegypti. Em seguida, foram encaminhadas as amostras para o laboratório de entomologia da 2ª Regional Metropolitana de Saúde que também confirmou que são larvas e pupas do referido vetor.

O assessor de área II em Vigilância em Saúde, Gilmar Fabiano Nogueira, detalha o trabalho da equipe com o intuito de eliminar novos possíveis criadouros do mosquito. “Diante da confirmação, está sendo realizada a delimitação de foco em um raio de 300 metros do local onde foram encontradas as larvas, ou seja, visita do agente de combates à endemias em 100% dos imóveis residenciais, comerciais, pontos estratégicos e terrenos baldios, com o objetivo coletar identificar as larvas e eliminar possíveis criadouros do mosquito da dengue”, explica Nogueira, reforça ainda que a população deve contribuir para evitar a proliferação do vetor. “A população deve estar atenta e não deixar água parada para evitar a infestação do mosquito Aedes aegypti. Destrua os locais onde o mosquito nasce e se desenvolve. Evite sua procriação”, complementa.

A Secretaria Municipal de Saúde e a Vigilância em Saúde emitiram um alerta para os profissionais da Atenção básica e para o Hospital Santa Casa de Misericórdia Nossa Senhora da Graças de Piên para que, diante do ocorrido deem maior ênfase nos sinais, sintomas e encaminhamentos, visto que podemos iniciar o registro de casos de Dengue, Zika vírus e Chikungunya no município.

Panorama Atual – Na rua Manaus, foram encontradas nove larvas e sete pupas positivas para o mosquito da Dengue; e na rua São Cristóvão, foram encontradas quatro larvas e três pupas também positivas. Há um caso confirmado da doença que está em investigação para descobrir o local provável de infecção, pois o paciente tem histórico de viagem no período de incubação da doença.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email