quarta-feira, 17
 de 
agosto
 de 
2022

Tijucas do Sul vai incentivar plantio da bracatinga

Reunião Tijucas do Sul Bracatinga/Foto:Assessoria de ImprensaMuitos municípios da região buscam apresentar novas alternativas de renda para a área rural. A intenção é promover a permanência do homem no campo e fortalecer a economia na agricultura. Nesta semana, um encontro realizado em Tijucas do Sul tratou da proposta de plantio da bracatinga, que teoricamente pode acontecer em áreas diversas, inclusive degradadas, tem fácil manuseio, não requer grandes cuidados e em 7 anos já está apta ao corte.

A princípio, a bracatinga é proibida de corte, no entanto, o Instituto Ambiental do Paraná – IAP está garantindo a licença para quem fizer parte do projeto. “Essa é uma prerrogativa do projeto, que também vai possibilitar crédito junto ao Banco do Brasil”, relata o secretário de Agricultura de Tijucas, Marcio Moraes.

Uma propriedade piloto na localidade de Campestre foi escolhida para receber o plantio em 10 alqueires e outros interessados já podem fazer inscrição para o projeto. A empresa Panagro, que detém ampla área de reflorestamento em Tijucas, também vai participar do plantio de bracatinga.

 A empresa Volkswagen do Brasil poderá se tornar uma grande parceira da iniciativa, porém para isto necessita de garantia de disponibilidade continua de madeira para fins de energia. O engenheiro florestal Uwe Kötter destaca que o projeto tem grande perspectiva de sucesso.

O prefeito Altair Gringo e o vice-prefeito Hélio Marcos participaram da reunião onde a proposta foi debatida e destacaram a importância dessa nova alternativa, principalmente levando em consideração que Tijucas sempre demonstrou vocação para atividade de reflorestamento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email