quarta-feira, 17
 de 
agosto
 de 
2022

Terminais de Curitiba recebem wi-fi

Usuários do transporte agora contam com internet no terminal do Capão Raso. Foto: Everson Bressan/SMCSA Urbs iniciou nesta semana a implantação de wi-fi nos terminais de transporte coletivo de Curitiba. O sistema já está funcionando no Terminal Capão Raso e a previsão é que mais seis terminais sejam contemplados até o fim deste ano. Os demais receberão a rede no primeiro semestre do ano que vem.
O serviço amplia a rede Passaporte Curitiba, que já garante acesso à internet gratuita em parques, praças, Mercado Municipal e em seis administrações regionais. Também há acesso à internet via wi-fi em 130 escolas municipais e na Rodoviária de Curitiba.
A novidade agradou usuários do Terminal Capão Raso por onde passam, por dia, em torno de 120 mil pessoas. Lidiane Belegante Máximo, usuária do Capão Raso, também aprovou o novo serviço. “É muito bom, pode ter certeza de que vou usar muito. E gostei de saber que há outros lugares da cidade que também oferecem wi-fi. Isso é ótimo! Vou ficar de olho nos próximos terminais”, afirma. Além do Capão Raso, haverá wi-fi até o fim deste ano nos terminais Pinheirinho, Cabral, Boqueirão, Santa Cândida e Campina do Siqueira.
Para utilizar o sistema, o primeiro passo é localizar, no celular, a rede Passaporte Curitiba e cadastrar nome, e-mail, CPF, endereço e uma senha. Depois, para acessar, será solicitado nome de usuário e a senha. Ao ter acesso à internet, o usuário pode também utilizar os aplicativos desenvolvidos pela Urbs para celular. Nesse caso, basta entrar no site www.urbs.curitiba.pr.gov.br, clicar em Móbiles e escolher o aplicativo.
Além de wi-fi, que será implantado gradativamente em todo o sistema, os terminais de transporte também garantem informações para quem não tem celular com internet ou simplesmente prefere buscar a informação no próprio terminal. Os antigos totens, instalados na década passada, receberam novo software e agora oferecem informações atualizadas aos usuários.
Nos totens também é possível saber o horário de tabela, as linhas integradas, o tipo de linha e se aceita dinheiro e cartão. “É bem interessante”, afirma Amely Bonato Batista que, junto com a filha Alanys, aproveitou para ver o extrato do seu cartão transporte.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email