sexta-feira, 22
 de 
outubro
 de 
2021

Sanepar não poderá mais cobrar taxa mínima em Campo do Tenente

Vereadores de Quitandinha estiveram na última sessão para saber mais sobre o projeto. Foto: DivulgaçãoOs vereadores de Campo do Tenente acabaram de aprovar uma proposta de grande relevância para os moradores da cidade. A casa acatou o apontamento feito pelo vereador e presidente da casa, Fuscão Quege, através de projeto de lei, e aprovou a proibição da cobrança de valor ou outra taxa mínima na fatura de água feita pela Companhia de Saneamento do Parana (Sanepar).

A segunda parte desta proposta depende do sancionamento que deverá ser feito pelo prefeito Jorge Quege ainda esta semana. Após este trâmite, a prefeitura deverá entrar com um mandado de segurança para que a companhia faça valer este projeto.

Para o vereador Fuscão Quege, é observado que cada morador paga muitas vezes uma taxa que não condiz com o seu consumo. “Queremos corrigir e ajudar a nossa população para que ela pague apenas o que consome, em se tratando de água tratada e também de taxa de esgoto”, esclareceu o vereador.

As cidades de Maringá e Marialva já aprovaram esta proposta. Após Campo do Tenente, os municípios de Agudos do Sul, Piên, Rio Negro e Quitandinha também estão buscando colocar o projeto em discussão. “Inclusive, nesta semana, recebemos os vereadores Marquinho da Acarpa e Amir Lemos, de Quitandinha, que vieram saber mais sobre o projeto, pois irão apresentá-lo em sua cidade”, concluiu Fuscão.

Paralelo a este projeto, a câmara está cobrando da Sanepar melhorias na rede, já que é grande o número de reclamações da falta de abastecimento e de fornecimento de água suja.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email