segunda-feira, 15
 de 
abril
 de 
2024

Região suleste teve saldo negativo de empregos nos últimos meses

Eloivana é uma das empresas que está se esforçando para manter empregos/Foto: Arquivo / O RegionalA crise por qual passam diversos setores da economia também tem ocasionado mudanças no comportamento do emprego na região suleste do Paraná. Muitos empresários têm buscado alternativas para tentar manter os postos de trabalho e evitar ao máximo as demissões, seja através de férias e até de suspensão temporária do contrato de trabalho ou ainda aderindo ao Programa e Proteção ao Emprego (PPE), criado pelo governo federal.
A Eloivana Comércio de Produtos Alimentícios, de Quitandinha, é uma das empresas que têm feito o possível para manter os empregos. “Tivemos que nos adequar para evitar demissões. Mas, se continuar assim, ficará cada vez mais difícil. O aumento de despesas, como a energia elétrica, por exemplo, compromete bastante”, salienta Umberto Rossa, proprietário do abatedouro.
Mas para muitos, o desemprego tem sido inevitável. De acordo com números divulgados recentemente pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o terceiro bimestre teve saldo negativo na região. Os números de maio (-376), quando sete cidades do suleste tiveram variação negativa, haviam sido ainda piores que os de junho (-130), quando cinco municípios ficaram no vermelho.
Na análise do primeiro semestre, o saldo da região foi positivo em 801, graças ao bom desempenho dos primeiros meses do ano, com apenas quatro cidades apresentando variação negativa – Agudos do Sul, Campo do Tenente, Quitandinha e Tijucas do Sul.
Quanto aos números mais recentes, os postos de intermediação de emprego na região confirmam a queda. Segundo a Agência do Trabalhador de Campo do Tenente, as oportunidades de trabalho estão mesmo bastante escassas. A queda também é sentida na Lapa. “A oferta de vagas diminuiu pela metade”, afirma Suzana Lourenço da Silva. Na mesma agência, segundo a gerente Marília Ferreira Biehl, o que tem aumentado bastante é o movimento para os procedimentos de seguro desemprego.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email