terça-feira, 23
 de 
abril
 de 
2024

Instituições de ensino da região melhoram desempenho no Enem

Colégio Frederico, de Piên, foi o segundo melhor entre as instituições estaduais/Foto: Arquivo / O RegionalOs colégios da região, principalmente os públicos, melhoraram seu desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os resultados do Enem de 2014 por escola foram divulgados na última semana pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Foram divulgadas as médias apenas dos colégios em que tenham participado do exame no mínimo 50% e pelo menos dez alunos concluintes do ensino médio.
Em cálculo que considera a média das provas objetivas, ou seja, sem a redação, os resultados mostram que os estabelecimentos particulares de ensino continuam se sobressaindo, ocupando seis das dez melhores colocações do suleste paranaense. Porém, o índice de melhora de 2014 em relação a 2013 é melhor entre os colégios estaduais.
Dos seis estabelecimentos públicos da região que tiveram a média publicada nos dois últimos anos, cinco melhoraram suas médias. Já na rede privada, de seis que tiveram os resultados divulgados, apenas três conseguiram médias maiores em 2014 do que em 2013.
A melhor média geral do suleste é do Colégio Bom Jesus São José, de Rio Negro, único da região a figurar entre os 100 mais bem colocados do Paraná, com 599,5. O estabelecimento público mais bem colocado na região é o Centro Estadual de Educação Profissional Agrícola da Lapa, com média de 529,7 nas provas objetivas.
Para o diretor do colégio agrícola, Eros Berg Ferreira do Amaral, o trabalho de continuidade do ensino profissional integrado com o médio e o maior envolvimento propiciado pela educação em tempo integral favorecem a melhoria dos resultados. “Outro fator é que temos professores efetivamente preocupados na formação técnica e cidadã”, completa. O Colégio Estadual Frederico Guilherme Giese, de Piên, com 509,7, também é outro estabelecimento público a figurar em meio a particulares entre os mais bem colocados da região.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email