quarta-feira, 10
 de 
agosto
 de 
2022

Região fecha o primeiro trimestre com números positivos de empregos

Ação da Secretaria do Trabalho foi realizada em Fazenda Rio Grande no último dia 29. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Fazenda Rio Grande
De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), foram 7.552 contratações e 6.473 demissões, resultando em um saldo de 1.079 novos empregos

As cidades da região fecharam os primeiros três meses do ano com bons números na geração de empregos, segundo o que mostra o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o Caged. No mês de janeiro, a região teve um saldo de 474, em fevereiro 202, e no mês de março 403. Esse saldo mostra que mais pessoas foram contratadas do que demitidas. No mês de março, como demonstrado na tabela, apenas Rio Negro teve um saldo negativo, sendo -19.

O bom desempenho neste mês é uma boa notícia para o município de Piên. Na cidade, após uma sequência de números negativos, neste balanço o município mostra uma recuperação na geração de empregos. Segundo Ana Lima, coordenadora da Agência do Trabalhador, este é o resultado após uma série de campanhas para atração de novas vagas para os pienenses.

De acordo com os dados apresentados pelo setor, em Piên, o maior responsável pela geração de empregos é o setor industrial, com 77 novos postos de trabalho, com 52 demissões, seguido do setor de serviços, com 24 admissões e 12 demissões, e pela construção, com 19 contratações e 8 demissões. Com menos mudanças está o setor agropecuário, com 4 contratações e 2 demissões, e o comércio, com 15 admissões e 15 desligamentos.

Entre as comemorações e vitórias de Piên, está a vinda da empresa Inkor Tintas e Argamassas, que produz para o setor imobiliário, com argamassas e impermeabilizantes. A empresa está localizada no Aterrado Alto, em um terreno com 30 mil metros quadrados. De acordo com a prefeitura de Piên, R$ 10 milhões serão investidos em uma área de 4 mil metros quadrados. Segundo o empresário Luiz Gonzaga, a empresa está fazendo a construção de um barracão e depois da obra pronta, irá gerar 40 empregos.

O município de Fazenda Rio Grande apresentou números negativos no último balanço do mês de fevereiro. Segundo os dados daquele mês, a cidade ficou com um saldo negativo de -58, isso porque mais pessoas foram demitidas do que contratadas. No mês de março, a cidade voltou a gerar novos resultados na geração de empregos. Segundo o balanço do mês de março, foram 1.140 contratações e 916 demissões, tendo um saldo de 224.

O secretário de Trabalho, Emprego e Renda de Fazenda Rio Grande, Renan Gabriel Wozniack, afirmou que está muito otimista, porque os números demonstram uma retomada da economia. “Se comparado com o último mês, conseguimos reverter o cenário. Essa é uma melhora do cenário econômico e que a iniciativa privada está acreditando, está se reerguendo”, disse Wozniack, afirmando que a pandemia acabou afetando todos os setores. O secretário afirmou que espera que no próximo balanço os números melhorem ainda mais, demonstrando o desenvolvimento da indústria e do comércio.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email