segunda-feira, 8
 de 
agosto
 de 
2022

Mães e filhos fortalecem os laços atuando na mesma profissão

Simone e Ellen destacam a parceria do dia a dia no mercado. Foto: Arquivo Pessoal
Reportagem especial alusiva ao Dia das Mães traz relatos de mães e filhos que seguiram na mesma profissão

Pode ser uma referência, uma forma de homenagear ou simplesmente a vontade de estar próximos, passando mais tempo juntos. Independentemente da escolha, a figura materna sempre é considerada uma inspiração e seguir os mesmos passos na carreira profissional pode tornar o vínculo ainda mais forte.

São inúmeras histórias de mães e filhos que seguem a mesma profissão ou estão juntos no mesmo ambiente de trabalho. Podem ser experiências passadas de geração em geração ou mesmo pelos ensinamentos do dia a dia.

Ellen Negrelli é filha de Simone Negrelli, responsável pela unidade do Supermercado Negrelli de Quitandinha, e conta que desde criança adorava passar os dias no estabelecimento com a mãe. “Cresci no meio das prateleiras, vendo a relação incrível que minha mãe tem com o seu comércio e seus clientes”, relata Ellen, destacando que Simone sempre foi um modelo para que ela pudesse atuar também no meio comercial. “Meu sonho é ser pelo menos 1% do que ela é, uma mãe presente, mulher dedicada e administradora excepcional. Seria difícil eu escolher outros passos, se não similares aos dela, uma vez que me inspiram tanto. Ver como ela toca o nosso negócio com tanta maestria, me despertou a vontade de dar continuidade e quem sabe, poder passar isso para meus futuros filhos também”, afirma.

Para Simone, o sentimento é de orgulho ao ver o caminho que a filha vem trilhando. “Hoje, ela [Ellen] faz todas as artes do mercado, me ajuda na parte financeira. Sei que se ela seguir o meu caminho, será muito melhor que eu, porque ela é muito inteligente, querida e uma mente aberta. Eu que já estou no comércio há 35 anos, acompanhando meu pai e minha mãe, sei que temos as nossa falhas e às vezes ela me fala que algo não está correto e, por estar fazendo no automático, na nossa idade uma mudança é difícil, mas os mais jovens adoram mudanças. Tudo que faço hoje aprendi com minha mãe e estou passando para minha minha filha. É emocionante ver ela neste caminho”, comenta.

Solange e Camila enaltecem a troca de experiências. Foto: Arquivo/O Regional

Solange e Camila Stracke também têm, além da cumplicidade de mãe e filha, a parceria do dia a dia no ambiente de trabalho, atuando juntas como farmacêuticas em Piên. “Nossa empresa é familiar, tendo como mentor o Ingo [marido]. Foi desafiador entrar para a faculdade quando meus filhos já estavam na idade de ir para o ensino superior, mas recebi todo o apoio e, posteriormente, acabei incentivando a Camila. Hoje, vê-la seguindo meus passos, também formada em Farmácia, é um sentimento de gratidão! Além do Ericson que também está ligado neste ramo, como representante comercial de medicamentos”, comenta.

Camila descreve que, desde pequena, tem a mãe como inspiração, tanto no âmbito pessoal, como no profissional. “Cursei e me formei em Biologia, mas não obtive êxito na carreira. Depois, fiz Farmácia e pude exercer as atividades ao lado da família”, conta a pienense, enaltecendo toda a parceria junto à mãe durante o dia a dia de trabalho. “Nosso relacionamento é muito bom. A cada dia é uma troca de experiências, sempre uma ajudando a outra. Tenho minha mãe como referência e busco ser como ela”, finaliza.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email