sexta-feira, 22
 de 
outubro
 de 
2021

Programa social disponibiliza óculos de forma gratuita em Mandirituba

População é atendida no próprio município e recebe gratuitamente o acessório. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de MandiritubaAproximar o atendimento médico das pessoas mais carentes e proporcionar a elas uma melhor qualidade de vida tem sido um dos principais objetivos da Secretaria de Saúde de Mandirituba. Para isso, o município está ampliando e desenvolvendo projetos com esta finalidade e, neste sentido, através do Programa Municipal Mão Amiga, a prefeitura vem fornecendo gratuitamente óculos para as pessoas de baixa renda.

Segundo a Secretaria de Saúde, primeiramente o paciente faz a consulta com o oftalmologista da prefeitura, o qual indica se é necessária a intervenção cirúrgica ou a utilização de óculos. Posteriormente, com a receita médica recomendando o uso do acessório, o munícipe é encaminhado para a Assistência Social, a qual avalia se há o enquadramento no programa social. “Famílias de baixa renda, idosos, crianças, pessoas com deficiência ou em vulnerabilidade social são beneficiadas e recebem de forma gratuita os óculos”, conta a secretária da pasta, Gizelly Aparecida Leal de Camargo.

Para disponibilizar este atendimento, a prefeitura realizou processo licitatório, o qual foi vencido pela Ótica São José, ao valor de R$ 58 mil. “Profissionais desta empresa vêm até o município e fazem todo o levantamento de dados junto ao paciente, retornando em seguida para fazer a entrega dos óculos”, relata a secretária. Este projeto iniciou em abril do ano passado e já atendeu mais de 330 pacientes.

De acordo com o prefeito Luís Antonio Biscaia, a área da Saúde vem recebendo uma série de investimentos para que a população possa ser bem atendida. “Estamos avançando em várias frentes, zerando filas de espera para exames e consultas, ampliando especialidades, qualificando o transporte de pacientes e humanizando o atendimento como um todo”, ressaltou o prefeito, que destacou a importância deste projeto. “Muitas pessoas precisavam de óculos, mas, ao ver o custo mínimo deste acessório, não tinham condições financeiras para aquisição, tendo assim toda a parte de visão afetada. De forma contínua e organizada estamos revertendo este triste cenário e cuidando melhor da nossa gente”, concluiu.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email