quarta-feira, 17
 de 
agosto
 de 
2022

Prefeituras trabalham para ampliar número de vagas na educação infantil

foto-crecheAs férias de final de ano são momentos de convívio familiar, viagens, atividades extras ou simplesmente de descanso. Mas depois desse período tudo retoma seu curso normal, com muito trabalho, aulas, entre outros compromissos. Para os pais que têm filhos pequenos uma das principais necessidades é o atendimento nos Centros de Educação Infantil (CMEIs), ainda chamados de creches. Acontece que devido às férias escolares nem todas as unidades que prestam esse serviço estão funcionando.
Nas cidades de Piên, Mandirituba, Tijucas do Sul, Rio Negro e Lapa houve um levantamento ainda no ano passado para identificar qual seria a demanda de atendimento neste período do ano. Diante disso, algumas prefeituras optaram por promover colônias de férias ou antecipar a volta do atendimento em determinadas unidades. Na Lapa, por exemplo, a colônia de férias já atendeu 400 crianças desde 2014. Para isso, cerca de 40 profissionais trabalham neste regime especial. “Existia a necessidade de manter esses CMEIs abertos porque muitos pais trabalham e não tinham outra opção para deixar os filhos”, conta a prefeita Leila Klenk.
A prefeitura de Rio Negro preferiu antecipar o retorno das atividades nos CMEIs conforme a necessidade de cada região da cidade. “Há bairros com maior demanda pela característica das famílias que lá residem. Nesses locais as creches já voltaram a atender no último dia 11”, informa a coordenadora pedagógica Danieli Aparecida Cardoso.
Em algumas cidades existiram experiências que não avançaram. Foi o caso de Fazenda Rio Grande, onde em 2014 a prefeitura tentou implantar a colônia de férias e o número de crianças inscritas foi muito baixo. “Algumas crianças simplesmente não se acostumam com outras educadoras. E tem pais que mesmo trabalhando encontram meios de deixarem os filhos com parentes ou conhecidos”, relatou a coordenadora pedagógica da educação infantil Maria Regina Bonatto. Segundo ela, a apresentação do calendário escolar de forma antecipada também ajuda na programação das famílias para o período de férias.
Mais vagas – As prefeituras de Piên, Quitandinha e Rio Negro estão trabalhando para aumentar no número de vagas na educação infantil. As três cidades aderiram ao programa “supercreche”. A prefeitura de Mandirituba está construindo duas novas unidades, o mesmo acontece em Fazenda Rio Grande, que espera inaugurar mais duas creches nos próximos meses. A prefeitura de Agudos do Sul informou que vai realizar a adequação de espaços já existentes para ampliar o número de vagas. Em praticamente todos os demais municípios estão em andamento obras de ampliação de salas e outras adaptações.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email