quinta-feira, 17
 de 
junho
 de 
2021

População deve redobrar os cuidados durante a visitação aos cemitérios

Tradicionalmente, cemitérios recebem um grande número de visitantes para homenagens e limpeza de túmulos. Foto: Arquivo/O RegionalO dia de finados, celebrado na próxima segunda-feira, deve movimentar os cemitérios em toda a região para mutirões de limpeza e arrumação de túmulos no próximo final de semana. No suleste paranaense, a data também deverá ser de homenagens e celebrações religiosas em memória dos entes queridos.

Neste ano, devido à pandemia do coronavírus, a visitação aos cemitérios e a participação nas missas e demais eventos deverão seguir uma série de recomendações e medidas sanitárias a fim de evitar aglomerações e garantir a integridade da população.

Em Piên, por exemplo, o chefe da Vigilância em Saúde, Jair Batista, orienta que as pessoas devem estar atentas ao uso de máscara, mesmo nos ambientes ao ar livre. “Na medida do possível pedimos que as pessoas procurem homenagear seus entes queridos através de orações em casa ou vá ao cemitério um dia antes ou um dia depois do dia de finados. Mas, para os que forem a estes espaços, os cuidados com a Covid-19 devem ser mais intensos, o uso de máscara para entrar nos cemitérios e igrejas será exigido e os responsáveis pelo local deverão providenciar a disponibilização de álcool em gel. Em alguns locais, como no salão da igreja de Trigolândia, foi autorizado servir almoço. A administração da capela assinou um rigoroso protocolo de controle, com cuidados para minimizar os riscos de contaminação”, detalha.

Segundo Batista, também é recomendado que seja organizado o fluxo de pessoas, evitando a formação de filas. “Em todos os cemitérios no município, os responsáveis pelos locais deverão organizar o fluxo de pessoas de forma a não deixar que se formem filas ou que as pessoas fiquem a menos que 1,5 metro de distância uma da outra e disponibilizar álcool em gel. No mais, as recomendações são as mesmas que tem sido dada desde o começo e nesse caso, pelo fato de haver circulação em local público com grande número de pessoas reforçamos a importância de ao chegar em casa não entrar com o mesmo calçado para dentro, se possível lavar bem as mãos com água e sabão antes de entrar para dentro da residência, a recomendação também é tomar um banho e colocar a roupa usada para lavar. São pequenos cuidados, mas que podem evitar a contaminação”, finaliza.

Outro cuidado reforçado pelos órgãos de saúde é em relação ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. Entre as orientações, preencher os vasos de flores com areia, ou substituí-los por modelos que não acumulem água, além de evitar todo e qualquer objeto que possa servir de criadouro para o inseto.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email