domingo, 7
 de 
agosto
 de 
2022

Politicando 26/06/2015

126 demitidos
A câmara de vereadores de São José dos Pinhais foi obrigada a demitir nesta semana 126 cargos comissionados. Numa apuração feita pelo Ministério Público do Estado do Paraná, verificou-se que a câmara de São José tinha apenas 16 servidores concursados e 237 comissionados. É proibido por lei ter mais cargos comissionados do que concursados. Além disso, numa inspeção feita na sede do legislativo, foi constatado que menos de 25% dos assessores parlamentares estavam cumprindo horário de expediente.
Aulas
O Conselho Estadual de Educação – CEE decidiu ontem durante reunião extraordinária que as escolas estaduais do Paraná podem usar a “sexta aula” para repor os 49 dias letivos perdidos durante a greve dos professores nos últimos dois meses. Todas as escolas deverão cumprir uma carga horária de 800 horas e o plano de aula deverá ser aprovado pela Secretaria Estadual de Educação.
Agricultura
O governo federal anunciou nesta semana o Plano Safra da Agricultura Familiar 2015-2016. Em relação ao período anterior o aporte passará de R$ 24 bilhões para R$ 28,9 bilhões de reais. Segundo o governo, os juros variam de 0,5% a 5,5% para agricultores familiares de baixa renda. As taxas para médios produtores familiares será de 7,75% para custeio e 7,5% para investimento. Muitos prefeitos da região já estão se mobilizando junto as agências locais do Banco do Brasil para garantir recursos em seus municípios.
Partidos
Até o início de outubro próximo todos os interessados em disputar a eleição de 2016 deverão estar devidamente filiados. Portanto, os próximos meses são decisivos inclusive para definir em qual sigla estar e qual tem melhor condição de sucesso no pleito. Alguns partidos ainda deverão mudar de comando nos municípios da região tendo em vista o apoiamento político e os compromissos futuros. Com isso, a romaria para a capital deverá ser constante nas próximas doze semanas.
Fim da reeleição
Com a indicação do fim da reeleição proposta pelo congresso nacional, muitos prefeitos de segundo mandato já repensam suas posições na eleição do próximo ano. Em alguns casos, não reeleger o sucessor pode não ser algo tão ruim no cenário político. Já há outros que pensam exatamente o contrário, fazendo sucessor poderá voltar com mais tranquilidade posteriormente.
Tijucas do Sul
Em reunião com a presença do prefeito de Tijucas do Sul, Altair Gringo (PP), do vice-prefeito Nelsão (PV), e demais lideranças políticas da cidade, foi apresentado um relatório ao atual diretor de investimentos da Copel, o ex-deputado Reinald Stephanes Junior (PMDB), que detalha a precariedade do serviço de energia elétrica no município. Há demandas principalmente nas comunidades de Tabatinga e Lagoa. Na primeira delas a intenção é melhorar o investimento para a área industrial
Prefeita da Lapa, Leila Klenk (PT)/Foto: O RegionalLapa
A prefeita da Lapa, Leila Klenk (PT), tem demonstrado grande preocupação também com a área de comunicação do governo municipal. A assessoria de imprensa da prefeitura estreitou o contato com a comunidade através das redes sociais e tem ampliado as ações com os veículos de comunicação. Segundo Leila Klenk, é importante manter de forma permanente a prestação de contas do poder público.
Mandirituba
Vai e volta do vereador Celso Batata em Mandirituba. Com o objetivo de ampliar sua atuação no município e trabalhar uma chapa própria de candidatos a vereador, ele havia anunciado sua filiação no Partido Republicano da Ordem Social (PROS). No entanto, logo após o anúncio soube que o PROS ficaria sob o comando do ex-deputado Geraldo Cartário e, sendo assim, resolveu retirar sua filiação e retornar ao quadro do PDT mandiritubense.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email